Home > Notícias

Motorola testa tecnologia que pode reduzir custos de 3G na Europa

Femtocells prometem melhorar a recepção em ambientes internos

Por IDG News Service/Reino Unido

05/11/2007 às 12h56

Foto:

A Motorola começou a testar estações de acesso sem fio (femtocells) de terceira geração na Europa. A tecnologia permitirá melhorar a recepção em ambientes internos e reduzir os custos de ligação para os usuários de 3G.

Leia mais:

Os femtocells são estações domésticas que permitem que as ligações de celulares sejam direcionadas para uma rede mais ampla através de uma linha de banda larga como DSL ou cabo.

Os aparelhos são vistos como a chave para o crescimento do 3G porque a velocidade de conexão é degradada quando os aparelhos são usados em ambientes internos - o femtocell ajuda a driblar esse problema.

A tecnologia também deve garantir contas menores para os usuários 3G, já que as operadoras podem oferecer tarifas mais baixas para ligações feitas pela rede de banda larga.

A Motorola não revelou com que operadora está realizando os testes. Pelo menos oito operadoras na Europa já começaram testes ou pretendem testar femtocells, segundo Stuart Carlaw, diretor de pesquisas na ABI Research. Ele acredita que a tecnologia pode começar a ser vendida em conjunto com telefones móveis 3G já no segundo semestre de 2008 na Europa.

Entre os fabricantes de femtocells estão a IP Access, na qual a Motorola tem participação, e a Ubiquity Software, que pertence à Avaya.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail