Home > Dicas

Ligar vários PCs entre si resulta em melhor desempenho?

A clusterização permite ganho de performance, mas exige software e configuração adequados

Por René Ribeiro, da PC WORLD

09/11/2007 às 12h47

cluster_70.jpg
Foto:

Dúvida do leitor Antonio Carlos, recebida por e-mail
“Dizem que no micro tudo é [questão de] configuração, como poderia conectar vários PCs a um só monitor, teclado e mouse, para que funcionassem como uma máquina só? Ou seja, se eu ligar 6 computadores, supondo cada um com 512 MB de memória, eu teria um computador maior, com 3 GB, o mesmo acontecendo com a capacidade do processador?”

cluster_300
PC WORLD:
É possível conectar dois ou mais micros (ou servidores) e aproveitar o processamento deles como se fossem um só. Essa técnica chama-se clusterização. Além de conectá-los em rede, é necessário um software que gerencie o processamento.

Como o sistema operacional é o “gerente” da máquina, ele será peça chave. É ele quem “manda” em todos os processos e pedidos do usuário. Uma impressão, por exemplo, não é feita pelo aplicativo que está sendo usado, e sim, pelo sistema operacional. Por isso é necessário um “gerente” que entenda que as várias máquinas conectadas devem ser tratadas como uma só. Sendo assim, consegue dividir os cálculos e requisições entre os processadores, balanceando a carga e obtendo um resultado mais rápido.

A técnica de clusterização é muito utilizada em  servidores que necessitam de alta disponibilidade, como provedores de internet e servidores de grandes empresas, os quais processam grande quantidade de informação e e-mails. E alta disponibilidade não está relacionada apenas ao desempenho.

Se um servidor der problema, os outros que compõem o cluster devem assumir a carga de trabalho da máquina que parou de funcionar sem afetar os clientes (usuários). Uma pequena queda no desempenho pode acontecer, mas as transações não podem ser interrompidas. Ou seja, o acesso à web, internet e mesmo o serviço de e-mail deve continuar disponível.

Em situações como essa, são usados sistemas operacionais específicos, como o Windows Server 2003 Enterprise ou Server 2003 Datacenter e até o Windows 2000 Server (com alguns ajustes e plugins adicionais). O Linux também se presta muito bem a esse tipo de configuração, bem como o Unix. A configuração, em qualquer dos casos não é tão simples e exigem conhecimento técnico mais aprofundado.

e_mail_70

Caso tenha alguma dúvida, envie um e-mail para a equipe da PC WORLD.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail