Home > Notícias

Cracker pode pegar até 60 anos de prisão por roubar contas do PayPal

John Schiefer instalou malware em 250 mil PCs para roubar senhas no sistema de pagamentos online

Por IDG News Service/EUA

12/11/2007 às 11h42

Foto:

O cracker John Schiefer, de 26 anos, foi acusado pela infecção de milhares de microcomputadores com um malware para roubar dinheiro de contas no sistema de pagamentos online Paypal. O réu pode ser condenado a uma pena de até 60 anos de prisão e a pagar uma multa de 1,75 milhão de dólares.

Leia mais:

Schiefer admitiu que ele e alguns cúmplices desenvolveram uma praga que permitiu a criação de exércitos de mais de 250 mil máquinas-robô. Com isso, o acusado poderia coletar informações enviadas aos desktops infectados, incluindo nomes de usuários e senhas para contas do Paypal. A manobra permitia tanto que o grupo usasse as contas roubadas do PayPal para fazer transações como compartilhasse os dados confidenciais com terceiros.

Esta é a primeisa acusação de um cracker por este tipo de atividade, informa a Procuradoria dos Estados Unidos no Distrito Central da Califórnia. O FBI está a cargo do caso.

Schiefer também admitiu ter desviado mais de 19 mil dólares de uma agência de publicidade online holandesa, que o contratou como consultor. O trabalho do jovem era instalar o programa da agência em computadores após receber a autorização dos usuários. No entanto, Schiefer e seus cúmplices instalaram o programa em 150 mil máquinas infectadas com seu malware.

Schiefer deve se apresentar à Corte Distrital dos Estados Unidos em Los Angeles no dia 28 de novembro e será denunciado em 3 de dezembro deste ano.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail