Home > Notícias

Brasil marca entrada mundial da Philips no mercado de notebooks

Primeiros notebooks Philips com telas 11 e 13 polegadas chegam às prateleiras no País por 5.499 reais e 3.999 reais

Por Nando Rodrigues, da PC World

28/11/2007 às 11h11

Foto:

Atualizada às 14h55

A Philips anuncia sua entrada no mercado mundial de notebooks nesta quarta-feira (28/11), começando pelo mercado brasileiro. Os primeiros portáteis da empresa são os modelos Philips 13 e Philips 11. O primeiro tem tela widescreen de 13,3 polegadas, pesa menos de 2 quilos, vem com HD de 120 GB, Windows Vista Home Premium, antivírus AVG, gravador de DVD, acesso sem fio, processador Intel Core 2 Duo, 2 GB de memória e câmera integrada de 1,3 megapixel e custa 3.999 reais.

Já o Philips 11 (tela wide de 11,1 polegadas, processador Core Duo U2400 Ultra Low Voltage, 1,6 kg de peso, HD de 120 GB, 1 GB de memória, rede sem fio e gravador de DVD)  tem preço sugerido de 5.499 reais. Os equipamentos que já estão à venda são fabricados na China e importados pela Philips da Amazônia. Segundo o gerente geral de desenvolvimento de novos negócios da Philips Brasil, Caio Catto, a empresa vai iniciar a fabricação local dos portáteis até o final do primeiro trimestre de 2008.

: Clique aqui para ver detalhes dos produtos

"Dados específicos sobre isso ainda não podem ser divulgados porque as negociações ainda não foram finalizadas. O que podemos dizer é que o Brasil será primeiro país a ter uma fábrica de computadores com nossa marca no mundo", afirma o executivo. Os preços praticados agora, segundo ele, não serão alterados quando a fabricação começar. A Philips também prevê a fabricação local de desktops em até 12 meses.

A linha de PCs marca um ponto de convergência no estilo digital que a Philips oferece e que integra diversos periféricos que a empresa já comercializa no Brasil com os telefones VoIP, webcams, pen drives e outros equipamentos de áudio de vídeo. "Desde o desenho até a configuração e conjunto de recursos, os notebooks Philips foram pensados para ampliar a experiência de uso da informática em casa e simplificar a vida do consumidor", explica o gerente geral de desenvolvimento de novos negócios da Philips Brasil, Caio Catto.

Dados da LA Quarterly PC Tracker para o terceiro trimestre de 2007 apontam um rápido crescimento de computadores pessoais no Brasil. Nos últimos 12 meses, o aumento foi de 26,8%, de 568 mil para 713 mil unidades no País. Com o lançamento, a Philips pretende alcançar 10% do market share de notebooks em dois anos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail