Home > Notícias

TV Digital: Idec aconselha que consumidor aguarde alguns meses

Em cartilha na internet, órgão de defesa do consumidor critica falta de informações no varejo

Por Redação do IDG Now!

29/11/2007 às 12h15

Foto:

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) publicou em seu site um material de orientação para que os consumidores possam entender melhor quais as conseqüências da transmissão de TV digital, que será iniciada na área metropolitana de São Paulo, no dia 2 de dezembro.

Leia mais:

"A principal recomendação do instituto é aguardar alguns meses até que todas as mudanças estejam consolidadas e todas as informações sejam oferecidas de maneira clara", informou o Idec nesta quarta-feira (28/11).

O Idec pede atenção do consumidor quanto aos conversores para a TV Digital. Segundo o instituto, muitos destes equipamentos ainda não estão plenamente adaptados para oferecer todos os benefícios da TV digital e a informação sobre suas características e eventual necessidade de troca no futuro não é adequada.

"O Idec conseguiu apurar que o software [Ginga] ao contrário do que tem sido falado, já está pronto e que, inclusive, já foi vendido para diferentes empresas não divulgadas. O que não se sabe é como o sistema será incorporado aos conversores existentes", diz o comunicado do órgão.

Na dúvida em relação aos produtos à venda, o Idec dá o seguinte conselho: "a melhor coisa que o consumidor tem a fazer é esperar até que tudo esteja definido. Após algum tempo, é provável que televisores e conversores fiquem mais baratos, que os produtos já estejam totalmente adaptados a nova tecnologia e que o consumidor não tenha tantos gastos com a mudança.”

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail