Home > Notícias

Positivo já vendeu mais de 1 mil conversores para TV digital

Fabricante planeja vender 15 mil set-top boxes em duas semanas

Por Daniela Moreira, repórter do IDG Now!

29/11/2007 às 11h59

Foto:

A estréia da TV digital em São Paulo já tem audiência garantida - mesmo que limitada. A Positivo, que anunciou recentemente sua entrada no mercado de conversores para TV digital, já vendeu mais de 1 mil unidades dos seus set-top boxes.

Leia mais:

Segundo Hélio Rotenberg, presidente da companhia, as vendas só não foram maiores porque os estoques se esgotaram. “As pessoas estão na fila para comprar conversor”, diz o executivo.

A companhia planeja vender 15 mil unidades dos conversores - todas que a fornecedora conseguiu produzir até o momento - em duas semanas.

Rotenberg antecipou ainda que a Positivo está trabalhando para lançar um receptor de sinal digital USB para desktops e laptops, com suporte ao sinal fullseg - ou seja, com a mesma resolução garantida pelos receptores para TV.

Os receptores para PCs já disponíveis no mercado, que custam entre 370 reais e 400 reais, recebem o sinal para aparelhos móveis - o oneseg -, portando oferecem resolução máxima de 320 x 240 pixels, o que corresponde a um quadro de mais ou menos 10 cm x 8 cm. A imagem poderá ser aumentada para caber na tela cheia do computador, mas perde qualidade.

Os conversores da Positivo custam 500 reais - modelo sem suporte a alta definição, voltado a TVs de tubo - e 700 reais - versão com suporte a alta definição, para TVs LCD e plasma.

O presidente da Positivo sinalizou ainda que a empresa pode entrar em outra área - a de fabricação de modens para banda larga móvel. A empresa anunciou nesta quarta-feira (28/11) um acordo com a Vivo que garantirá planos de banda larga móvel da operadora com preços diferenciados aos usuários de computadores Positivo.

Por enquanto, os modens para desktops e notebooks (USB) são importados, mas Rotenberg disse que a Positivo cogita fabricá-los localmente.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail