Home > Notícias

Pesquisadores criam caneta inteligente que auxilia deficientes visuais

Caneta inteligente e papel funcionam pelo toque, reconhecem escrita à mão e gravam áudio

Por Redação do IDG Now!

04/12/2007 às 12h20

Foto:

Pesquisadores da Vanderbilt University desenvolveram uma caneta inteligente e um papel voltados a estudantes com deficiência visual, que funcionam pelo toque e gravam o áudio das aulas.

Leia mais:

A tecnologia, que tem baixo custo, é portátil e fácil de usar, irá auxiliar principalmente em aulas que utilizam diagramas, gráficos e outras figuras.

A caneta inteligente reconhece marcas escritas à mão por meio de uma câmera embutida, que enfoca em um padrão de pontos impressos no papel. Ela captura até 100 horas de áudio com um microfone, também interno, e toca áudio por um speaker ou headset de gravação 3D.

O carregamento dos arquivos é feito da caneta para um computador por conexão USB. A tecnologia promete ser mais portátil e com menor custo do que outros produtos usados para este propósito.

Para se ter uma idéia de outros usos do papel, um estudante de psicologia poderia estudar anatomia cerebral explorando um diagrama do cérebro, com cada estrutura e sulco reproduzido em áudio quando a caneta o toca.

A tecnologia, desenvolvida pela empresa Livescribe, foi aplicada pelos pesquisadores Van Schaack e Joshua Miele, graças à doação de 300 mil dólares da National Science Foundation.

Os pesquisadores apontam que a inovação é uma nova plataforma de computador, pois inclui a maior parte da tecnologia encontrada em um típico laptop.

A caneta inteligente deve chegar ao mercado no primeiro trimestre de 2008, por menos de 200 dólares.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail