Home > Notícias

Grupo de pesquisa de Taiwan desenvolve TVs de LCD em 3D

O grupo diz que as TVs LCD em 3D não irão custar mais do que os aparelhos normais a venda no mercado hoje

Por Dan Nystedt, IDG News Service EUA

07/12/2007 às 15h25

Foto:

ITRI_3D_DISPLAYUm grupo de pesquisa taiwanês desenvolveu uma tecnologia de imagem para televisão em 3D (tri-dimensional) que pode ser usada em aparelhos LCD (display de cristal líquido) grandes como os de 42 polegadas e acreditam que essa TV estará disponível para vendas dentro de dois anos.

Os engenheiros do Industrial Technology Research Institute (ITRI) de Taiwan, já desenvolveram protótipos de displays 3D polarizados em duas TVs LCD com telas de 32 e 42 polegadas. A tecnologia está quase pronta para ser entregue à companhias privadas para marketing e vendas, diz Tsai Chão-hsu, gerente de projetos da tecnologia do display 3D da ITRI.

Depois que a tecnologia estiver nas mãos das empresas privadas, o tempo para que cheguem ao mercado vai depender diretamente da companhia, mas deve ocorrer dentro de um ou dois anos, afirma Tsai. A ITRI é uma organização de pesquisa pública em Taiwan. Ela ajuda a desenvolver novas tecnologias e normalmente trabalha com empresas para agilizar o desenvolvimento dos produtos. Uma vez que uma tecnologia desenvolvida está pronta para o mercado, a ITRI fecha acordos com empresas privadas para assumirem a venda e o marketing das tecnologias.

As TVs LCD em 3D funcionam com um tipo de estrutura de dados com um micro-retardamento anexado em frente ao painel da TV, o que não adiciona um significativo custo na produção da TV, completa Tsai. “O custo do material para os componentes extras que farão uma TV LCD comum se transformar em uma TV LCD em 3D é bastante baixo. No entanto, o preço final dependerá da política de marketing da companhia. Sobre esse termo, o preço deles será um pouco maior do que a reproduçã em 2D deles”, diz Tsai.

Qualquer painel LCD pode ser usado com o micro-retardo. Infelizmente para aqueles que já possuem sua própria TV LCD, o micro-retardo precisa ser embutido na tela durante a produção e não pode ser adicionado em produtos já existentes. Os usuários precisam usar óculos polarizados especiais para uma visão clara em 3D nesse novo aparelho. Um par de protótipos da TV LCD em 3D que o grupo de pesquisa mostrou funcionou bem, mas os engenheiros disseram que ainda estão aperfeiçoando a tecnologia para melhorar a saturação de cor e deixar a imagem mais limpa.

A ITRI acredita que as televisões podem se tornar bastante populares para jogos 3D ou assistir filmes em 3D. A ITRI já está negociando com algumas companhias sobre o controle das vendas e do marketing para essas TVs 3D, confirma Steven Yang, pesquisador do departamento de display 3D da ITRI. Mas ele evitou fornecer mais detalhes, não revelando informações sobre os acordos.

O grupo taiwanês também está usando o micro-retardo em frames de fotos digitais 3D, que são tri-dimensionais para olho nu. Nenhum óculos polarizado é necessário. Mas o produto está longe de ficar pronto e me deixou com dor de cabeça enquanto olhava para isso. Os engenheiros da ITRI colocaram o micro-retardo atrás do painel LCD, mas em frente da backlight do frame da foto digital para criar o efeito 3D, afirma Yang.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail