Home > Notícias

UnB desenvolve tecnologia para cadeira de rodas motorizada 40% mais barata

Tecnologia usa matéria-prima nacional e permitirá cadeiras de R$ 2 mil em escala

Por Redação do IDG Now!

11/12/2007 às 10h43

Foto:

Engenheiros e desenhistas industriais da Universidade de Brasília (UnB) lançarão nesta quarta-feira (12/12) um kit de motorização para cadeira de rodas que custará cerca de 40% menos que equipamentos importados tradicionais.

Leia mais:

Custando atualmente entre cinco mil e nove mil reais, a cadeira de rodas motorizada poderá ser vendida, quando for iniciada sua produção em escala, por cerca de R$ 2 mil.

Tal diferença no preço, segundo o coordenador do projeto Pesquisa e Desenvolvimento de Equipamentos destinados a Paraplégicos, Carlos Humberto Llanos, tem relação com a escolha da matéria-prima mais barata e nacional.

O grupo espera comercializar o equipamento a partir de junho de 2008.

O kit da cadeiras de rodas motorizado é guiado por meio de um manche acoplado a uma placa de controle. O kit está em fase finais de testes com cadeirantes da associação para que possam dar sugestões de melhorias.

O projeto partiu de uma demanda da Associação de Apoio aos Portadores de Necessidades Especiais (Adapte) da Ceilândia, cidade satélite de Brasília, que em 2005 foi procurada pela empresa TipoD. Na época a entidade que oferece consertos de cadeiras de rodas não conseguia peças para o reparo das motorizadas.

Ao final do projeto, o grupo responsável pelo lançamento afirmou que toda tecnologia será repassada para a associação.

"Serão ministrados minicursos que ensinarão a soldar placas e realizar adaptação mecânica nas cadeiras" afirma Llanos, coordenador do projeto. A intenção é que a própria Adapte confeccione e comercialize os produtos por um preço mais baixo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail