Home > Notícias

Doutorando cria sistema online que mapeia doenças contagiosas no Brasil

Sistema Visão indicará focos de infecção a partir de dados de hospitais e médicos

Por Redação, do IDG Now!

18/12/2007 às 10h46

Foto:

Um novo sistema online criado em São Paulo pode ajudar entidades que combatem doenças contagiosas de transmissão direta a mapear os principais focos de sarampo, meningite e tuberculose dentro de uma plataforma unificada e integrada com outros centros de saúde.

Leia mais:

Chamado de Vigilância Informatizada por Sistema de Alertas On-line (Visão), o sistema foi criado como tese de doutorado do cientista da computação Wagner Zaparoli na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e tem como objetivo de melhorar o canal de comunicação entre gestores públicos dos Centros de Vigilância Epidemiológicos (CVEs) espalhados pelo país.

Após a detecção de um novo caso de doença, explica Zaparoli, é gerada uma notificação por meio de um site na internet, disponível a médicos, enfermeiros ou responsáveis pelo diagnóstico, que estejam previamente cadastrados no sistema.

As notificações são analisadas pelo sistema, que faz correlações com outros casos de infecção cadastrados a partir de variáveis como localidade geográfica, tipo da doença e período de incubação, além de hábitos do paciente em casa ou no trabalho e dados de suas últimas viagens.

Caso acuse quantidade significativa de casos em uma mesma região, o sistema emite um alerta, por e-mail, celular ou outro meio de comunicação disponível, aos responsáveis pelo controle de doenças do CVE mais próximo.

“Com a suspeita de um novo surto, o alerta emitido apresentará, entre outras informações, a região do município mais afetada, a quantidade de pessoas infectadas e também o número de vacinas que devem ser aplicadas para sanar o problema”, disse Zaparoli à Agência FAPESP.

Para testar sua viabilidade prática, o Visão já conta com dados reais de pacientes com meningite meningocócica dentro do Estado de São Paulo.

Segundo ele, atualmente a maior parte das notificações advindas de hospitais e postos de saúde no Estado de São Paulo é realizada por meio do preenchimento de formulários em papel, o que pode gerar erros e atrasos na chegada da informação aos centros de vigilância.
Esta é a segunda iniciativa online anunciada em dezembro que tenta combater infecções em massa desenvolvida no Brasil.

No começo do mês, pesquisadores do Models of Infectious Disease Agent Study (MIDAS) ofereceram para download gratuito o software TranSat, que analisa dados de doenças contagiosas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail