Home > Notícias

MS investiga problemas no IE causados por correção de segurança

Comunidade aponta casos em que Internet Explorer não abre sites corretamente

Por Computerworld/EUA

18/12/2007 às 10h53

Foto:

A Microsoft confirmou nesta segunda-feira (17/12) que está investigando alegações que uma atualização de segurança para o Internet Explorer divulgada na última semana deformou alguns sites visitados com o navegador.

Leia mais:

Usuários começaram a publicar mensagens em diversos fóruns de suporte da Microsoft quase que imediatamente após a companhia divulgar o boletim de segurança MS07-069 em 11 de dezembro, afirmando que não conseguiam se conectar à internet, ou porquê o Internet Explorer se recusava a abrir ou porquê, quando abria, ele não reproduzia os sites.

"Em 60% do tempo, eu via uma tela dizendo que o 'Intenet Explorer encontrou um problema e deve fechar'", afirmou Bill Drake, no grupo Windows Update. Outros ecoaram comentários semelhantes em fóruns específicos, notando que tanto o IE6 como o IE7 enfrentava dificuldades em ler páginas estivessem eles no sistema Windows Vista ou Windows XP.

Harold Decker, diretor de operações da consultoria Gold Peak, começou a receber ligações de usuários na no dia seguinte à correção assim que chegou ao escritório.

"Impedi que todos que ainda não tivessem instalado a correção instalasse, após quatro de nossos quatorze desktops apresentarem problemas", disse, que gerencia um total de 35 máquinas com Windows XP SP2.

A Microsoft confirmou que está estudando o caso. "Nossos times e serviços ao cliente e suporte estão investigando reclamações sobre problemas na instalação do boletim MS07-069", admitiu o diretor de resposta de segurança da Microsoft, Mark Miller.

"Caso necessário, a Microsoft atualizará o artigo descritivo do boletim em questão com guias detalhados de como prevenir ou corrigir os problemas".

Outros usuários nos fóruns de suporte não precisaram de tanto ajuda graças à solução um tanto mais prática que tomaram, assume Decker. "Desinstalamos o boletim e não tivemos problemas desde então".

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail