Home > Notícias

Google anuncia Google Profiles, espaço para usuários criarem perfis

Aplicação que deve anteceder rede social permite o uso dos produtos do Google

Por Computerworld/EUA

18/12/2007 às 18h26

Foto:

O Google anunciou no último fim de semana, sem muito alarde, o Google Profiles, que permite aos usuários de vários produtos, como o Google Maps e o Google Reader, oferecerem informações sobre si mesmos a outros usuários.

Leia mais:

O anúncio deixou blogueiros se perguntando sobre a possibilidade do Google investir em redes sociais.

O Google Profile terá, inicialmente, características básicas, como o nome de um usuário, foto e localização, além de permitir a inclusão de outros dados, como profissão da pessoa.

“Você controla o que tem no seu Google Profile e compartilha o quanto quiser as informações”, descreveu o Google brevemente sobre a novidade. “Usa diversos produtos do Google? Em breve, o Google Profile irá se juntar a eles também.”

Qualquer um pode visualizar o perfil dos usuários - eles aparecem nos resultados de busca do Google.

A nova aplicação já é oferecida no Google Maps e no Google Reader, e será adicionada a outras aplicações para web, notou Alex Chitu em um post no blog Google Operating System.

“Não é preciso esforço para ver que estes perfis são o local perfeito para as atividades dos usuários - e as tarefas públicas podem se tornar parte do perfil, como incluir fotos em um álbum, sites favoritos e postar em um blog”, escreveu Chitu.

O blogueiro Spideh Saremi da empresa de otimização de sistemas de busca Reprise Media enfatizou que o movimento, combinado com o anúncio de que o Google Reader tinha sido ligado ao Google Talk para que usuários compartilhassem conteúdo com os amigos, mostra que o Google se aproxima da criação de uma rede social.

O Google está cavando longe do rival Facebook ao “aumentar a dependência que os usuários do Google tem em seus produtos, criando uma rede social que os integra”, escreveu Saremi.

O blogueiro acrescentou que o Facebook deve prestar atenção no Google quando quiser implementar mudanças no site, já que o Google está criando seus próprios recursos de rede social metodicamente, respeitando os usuários e avisando que fará mudanças com o feedback dos mesmos.

“A plataforma de rede social do Google rivalizará o Facebook definitivamente, e provavelmente antes que todos percebam”, conclui Saremi.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail