Home > Notícias

Estrada inteligente e “supermédicos” estão entre previsões da IBM até 2012

Na 2ª versão do "Next Five in Five", IBM prevê integração entre veículos e carros, comida identificável e diagnóstico inteligente

Por Redação do IDG Now!

26/12/2007 às 15h44

Foto:

Em seu segundo conjunto anual de previsões "Next Five in Five", divulgado nesta sexta-feira (21/12), a IBM traça uma visão de futuro onde dirigir é um prazer relativo, aparelhos ecologicamente corretos economiza dinheiros e médicos usam tecnologia avançada para vasculhar as profundezas do seu corpo em busca de doenças.

A previsão da IBM de que dirigir se tornarão mais seguro e potencialmente menos perigoso pode ser um enorme alívio para muitos motoristas.

A empresa afirmou que, durante os próximos cinco anos, uma "onda de conectividade" entre veículos e estradas levará a um gerenciamento mais suave do trânsito, quedas nas taxas de poluição emitidas e facilidades na hora de traçar sua rota "sem stress".

A tecnologia permitirá sistemas inteligentes de tráfego que ajustam padrões de luz e sinais na estrada automaticamente para rotas alternativas, assim como carros que exibirão "reflexos" graças à comunicação com outros veículos e sensores na estrada, afirma a IBM.

A bola de cristal da empresa também revelou que a tendência de aparelhos com "energia inteligente" será altamente lucrativa no período quando chegar ao cotidiano das pessoas. "Aparelhos para lavar louça, ar condicionados, luzes domésticas e mais estão conectados diretamente com um grid inteligente, permitindo que sejam desligados usando o telefone ou o navegador", afirma a companhia.

Mesmo o ato de comer ganhará um novo significado na visão da IBM: "Você saberá exatamente, do clima e solo onde a planta foi cultivada e pesticidas usados à energia consumida para criar o produto ou a temperatura e qualidade do ar na entrega enquanto o produto viajava até a sua mesa de jantar".

O relatório sugere também que a habilidade dos médicos de curar pacientes se tornará ainda mais surpreendente, graças a avanços no raio-X e tecnologias de áudio, que darão aos profissionais "superpoderes", diz a IBM. Computadores também poderão comparar dados médicos de milhões de registros de pacientes, ajudando o diagnóstico e tratamento, afirmou a empresa.

Além disto, a companhia afirmou que telefones celulares continuarão a crescer em poder e funcionalidade. Aparelhos, por exemplo, poderão tirar fotos de uma roupa, buscar na internet pela marca e onde comprá-la, e então recorrer a um serviço que criará uma versão 3D da imagem sobre o usupario, prevê a IBM.

A lista da IBM foi aprovada por Edward Cornish, editor da revista The Futurist e presidente da World Future Society. "Basicamente, as cinco previsões parecem bem razoáveis", afirma Cornish. "Elas são baseadas nas tecnologias que estão disponíveis há muitos anos em versões extrapoladas para o mercado".

Chris Kanaracus, editor do IDG News Service, de Boston.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail