Home > Notícias

Patente concedida à Apple reforça rumores de PC ultramóvel

Patente reforça rumores de um dispositivo móvel posicionado entre o iPhone e os notebooks

Por IDG News Service/EUA

07/01/2008 às 10h54

Foto:

Uma patente concedida nos Estados Unidos à Apple, na última quinta-feira (03/01), parece dar força a rumores de que a empresa estaria trabalhando em um PC ultraportátil para competir com a Microsoft e seus parceiros de hardware neste mercado.

Leia mais:

A patente define um “suporte configurado para receber um computador portátil”. A Apple e a empresa de advocacia Van Pelt, Yi e James entraram com o pedido de registro da patente em 3 de julho de 2006.

O suporte serve como monitor para um computador portátil e também permite a conexão do aparelho a linhas de dados e outros dispositivos. O dispositivo portátil também pode se conectar à estação por meio de conexão sem fio, usando os padrões Bluetooth e IEEE 80.2.11.

Rumores de mercado apontam que a Apple estaria trabalhando com a Intel para utilizar uma nova geração de processadores ultramóveis como base para uma nova linha de dispositivos, mas as empresas não confirmam.

A Microsoft lançou uma plataforma ultramóvel chamada Origami em 2006, e alguns dos seus parceiros de hardware, como a Sony e a Samsung, lançaram dispositivos baseados na proposta. Porém, até o momento, os aparelhos não atraíram a atenção do grande público.

O interesse da Apple nos PCs ultramóveis estaria ligado ao sucesso do seu iPhone, lançado em junho de 2007 e eleito por muitos como o gadget do ano.

O iPhone traz uma interface amigável que permite checar e-mails e navegar  na web, portanto não seria um grande esforço para a Apple dar um passo para criar um dispositivo que se posicione entre o iPhone e os notebooks.

A Apple não respondeu as solicitações para comentar a concessão de patente recebida na quinta-feira.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail