Home > Notícias

Panasonic, Sharp e Toshiba criam empresa para reciclagem de eletrônicos

Companhia já atua em Minnesota e coletou 750 toneladas de produtos usados. Atuação será entendida a outros Estados e fabricantes

Por Techworld/Reino Unido

09/01/2008 às 17h01

Foto:

A Panasonic, a Sharp e a Toshiba se uniram para criar a empresa Electronics Manufacturers Recycling Management (MRM), que fornecerá serviços de reciclagem de eletrônicos a outros fabricantes, Estados e autoridades governamentais dos Estados Unidos.

Leia mais:

No País, não há diretrizes sobre o assunto - logo, facilidades como kits de reciclagem não existem. A Sony, por exemplo, criou seus próprios aparatos, mas apenas para seus produtos.

Recentemente, o Estado de Minnesota promulgou novas leis que especificam a reciclagem de eletrônicos. A MRM já opera no Estado. Nos primeiros cinco meses de atuação em Minnesota, a MRM coletou 750 toneladas de produtos usados.

“Acreditamos que criar uma empresa independente para administrar programas de reciclagem de eletrônicos é a melhor forma de alcançar o que é necessário para criar um sistema sustentável para estes produtos”, declara o presidente da MRM, David Thompson.

A empresa já tem acordos de reciclagem com a Hitachi Electronics, JVC, Mitsubishi, Philips, Pioneer, Sanyo e com a Olevia, criadora da marca Syntax-Brillian.

A MRM planeja expandir seu programa a outros Estados e atualmente está trabalhando também no desenvolvimento de um plano de reciclagem a longo prazo para todo o País, o que deve envolver a Agência de Proteção Ambiental.

Segundo estatísticas da ABI Research, a quantia de celulares reciclados ultrapassará 100 milhões em 2012.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail