Home > Notícias

Veja as novidades de Crisis Core Final Fantasy VII

O RPG Final Fantasy VII Crisis Core para PSP traz a tona os 7 anos que antecedem os acontecimentos da saga.

Por GamePro/EUA

07/04/2008 às 19h57

ffvii_cc150.jpg
Foto:

Final Fantasy VII Crisis Core, da Square Enix, é o novo lançamento para PSP que chega ao Brasil em abril, com distribuição da Synergex. O game, um dos maiores sucessos da história para os consoles, traz gráficos ricos em detalhes para uma plataforma portátil e a uma jogabilidade fora do comum, que mantém a qualidade da série de games da franquia.

Para garantir o sucesso, o enredo de Crisis Core voltou sete anos no tempo. Ou seja, os acontecimentos do game se dão sete anos antes dos acontecimentos de Final Fantasy VII, título da série para Playstation 1, considerado um dos mais famosos da série. O personagem principal é Zack Fair, um membro do SOLDIER, espécie de facção militar no game.

Zack irá para a batalha ao lado de Genesis e Sephiroth, sob o comando da malvada Shinra. O guerreiro se sentirá mal por trabalhar com Sephiroth. E é ai o ponto onde tudo começa a se encaixar no mundo de Final Fantasy VII, e o entendimento da história de cada personagem e seus envolvimentos.

Na nova versão do game os duelos ganham elementos diferentes, mas mantém a sensação de um RPG. O sistema é similar ao Active Battle System do Final Fantasy XII, mas sem Gambits ou outros membros.

ffvii_cc_batalha350

Batalha: game utiliza sistema de Final Fantasy XII, mas com pequenas diferenças.

gamesshutter_625.jpg

Há um delay entre a ativação de um comando e sua execução, permitindo que uma rede de ordens seja executada.

++++

Uma novidade do Criris Core é o sistema Digital Mind Wave, que adiciona um elemento de sorte nas batalhas. Ao enfrentar um inimigo, um menu começa a mudar. Dependendo das fotos que aparecem e dos números, condições preestabelecidas são ativadas, como redução de custo de MP para zero.

Este também é o funcionamento para Limit Breaks, Summons e Leveling. Um ponto negativo é a falta de Experience Points, o que trava a habilidade de controlar os Summons. Por outro lado, o sistema é baseado nas emoções. Em batalhas mais frenéticas ele ocorre mais rápido, possibilitando mais Limit Breaks.

ffvii_cc_reel350

Um pouco de sorte: ative ações especiais mesclando os personagens.

Os fãs de Final Fantasy podem se sentir enclausurados, mesmo com um bom esquema de batalha e uma história empolgante, pois não há um mundo para ser explorado. A maior parte do jogo se passa nos salões da Shinra e nas ruas de Midgar.

O game é muito centrado em sua história, o que não é ruim, mas falta o senso de participação em um mundo maior.

++++

Um ar épico é dado ao game pelas fantásticas animações. Se você possui um PSP Slim e o cabo A/V é interessante jogar o Crisis Core na telona. O visual parece estar muito à frente dos outros títulos de PSP.

O áudio não tem um sucesso tão grande, tornando a música repetitiva e irritante após um certo tempo.

Além da história principal, o Crisis Core traz 300 missões opcionais e um novo modo de dificuldade exclusivo para a versão dos Estados Unidos darão um grande trabalho aos jogadores.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail