Home > Notícias

Japonês cria vírus que transforma ícones de arquivos em criaturas do mar

Vírus pode ter contaminado até 50 mil PCs; praga substitui ícones por figuras de lulas, polvos e ouriços-do-mar.

IDG News Service

16/08/2010 às 14h09

Foto:

Um japonês de 27 anos está sendo acusado de lançar um ataque de vírus no Japão capaz de destruir arquivos infectados e substituir seu ícone por desenhos de criaturas do mar. 

Acredita-se que entre 20 mil e 50 mil computadores no Japão podem ter sido infectados por um arquivo falso no Winny, uma rede de compartilhamento de arquivo peer-to-peer (P2P).

De acordo com o site japonês Asahi.com, o vírus Ikatako ("lula-polvo", em português) é acusado de ter sido trabalho de Masato Nakatsuji, que cumpre pena em regime semiaberto após um cometer um crime semelhante em 2008. 

As vítimas relataram ter os ícones de seus arquivos substituídos por desenhos aparentemente de fabricação caseira de lulas, polvos e ouriços do mar. Os arquivos se tornaram inacessíveis, o que deve ter sido um resultado não intencional da infecção.

"Eu queria ver o quanto as minhas habilidades de programação de computadores melhoraram desde a última vez que fui preso", teria dito Nakatsuji para a polícia de Tóquio.

Recentemente, uma vítima do ataque declarou que 11 mil dos 64 mil arquivos em seu PC foram destruídos antes mesmo que a existência do vírus fosse notada. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail