Home > Notícias

IE desaba, Firefox cai e Chrome decola

Navegador da Google rouba participação dos rivais e termina o ano em alta, com quase 20% do mercado; Safari, da Apple, tem 5%

Computerworld/EUA

02/01/2012 às 16h38

Foto:

Depois de um mês em que o Internet Explorer manteve sua participação no mercado estável, o navegador voltou a cair. Em dezembro, perdeu oito décimos do que possuía, chegando a 51,9%, de acordo com o instituto NetApplications.

Em 2011, o IE perdeu sete pontos percentuais, de modo que, segundo estimativas, sua fatia deve ficar abaixo de 50% já em março – o que seria um índice histórico. Quem mais se beneficiou da queda do líder foi o Chrome, que, no ano, ganhou quase oito pontos percentuais, atingindo 19,1% do setor.

A Microsoft, porém parece não se importar com a baixa de seu software, como ressaltou diversas vezes ano passado. A gigante afirma que o que importa é a participação do IE9 no Windows 7, respectivamente, seu navegador e sistema operacional mais recentes.

“Baseado nas informações que possuímos quanto a dezembro, estamos satisfeitos em anunciar que o IE9 em breve tomará o lugar do IE8 como o mais utilizado no Windows 7, já que sua participação deve alcançar 25,6%”, afirmou Roger Capriotti, diretor de marketing do browser, via blog oficial.

A última versão do Interner Explorer 9 tem 11,5% do mercado, se todas as plataformas foram consideradas. Seu antecessor continua como o modelo mais popular, com 27,3%, bem à frente, também, do veterano IE6 (7,3%) e do IE7 (4,8%).

Leia mais: IE terá atualizações automáticas no Windows

O ano que passou também não foi bom para o Firefox. Ele perdeu 1,9 ponto – 0,3 só em dezembro - enquanto que o rival Chrome ganhou 8,8. Segundo a Net Applications, o browser da Mozilla tem 21,8% do mercado, ainda na segunda colocação – ao contrário do que diz a StatCounter, outro instituto.

Nesse ritmo, porém, o Firefox será ultrapassado pelo concorrente logo no primeiro trimestre de 2012. Quanto aos outros browsers, o Safari encerrou o ano com 5% e o Opera com 1,7%.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail