Impossible Burguer | O hambúrguer de carne vegetal é mesmo mais saudável?

Foodtechs apostam em carnes plant-based que não são tão saudáveis quanto parecem

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/impossible-burguer-o-hamburguer-de-carne-vegetal-e-mesmo-mais-saudavel/
Clique para copiar

Você já ouviu falar em foodtech? O termo é novo e une duas coisas que estão – sempre – em alta: alimentação e tecnologia. Em suma, é qualquer tecnologia aplicada à maneira como os alimentos são produzidos, vendidos e servidos. Sendo assim, a Impossible Foods, uma startup que cria carnes feitas de plantas, se encaixa perfeitamente na descrição.

Considerada uma das maiores, se não a maior, startup do setor de carnes plant-based, a Impossible Foods recebeu investimentos de celebridades, como Jay-Z, Katy Perry, Jaden Smith e Bill Gates, que acredita que esse é um dos ramos mais promissores da tecnologia. Atualmente avaliada em US$ 2 bilhões, a empresa fornece hambúrgueres para mais de 10 mil estabelecimentos, incluindo o Burger King, com seu Impossible Whopper nos Estados Unidos. No Brasil, a empresa adotou a carne vegetal de outra empresa, a Marfrig, no seu Rebel Whopper.

A ideia foi muito bem-vinda pelo público em geral, até para quem não segue uma dieta vegetariana, afinal, um hambúrguer vegetal que fornece sabor semelhante à carne animal pode poupar muitos prejuízos ao meio ambiente. Entretanto, uma questão foi levantada: sempre nos ensinaram que a melhor opção de alimento é aquela natural, mas o hambúrguer plant-based é extremamente processado e industrializado. E agora? Será que o Impossible Burger e tantos outros derivados são prejudiciais à saúde?

O primeiro ponto a ser considerado é que nem todos os alimentos veganos são, automaticamente, saudáveis. Pães brancos, alguns biscoitos, bolos e queijos, por exemplo, não utilizam nada de origem animal, mas são ricos em carboidratos e nenhum nutricionista os recomendaria para consumo diário.

Então, por que as carnes da Impossible Food seriam saudáveis? Em momento algum a empresa faz esse tipo de divulgação sobre seus produtos, contudo, é bastante comum que o consumidor relacione alimentos veganos à saúde. Por isso, a consulta aos ingredientes e à tabela nutricional é tão importante.

Sódio e produtos industrializados

Confira, abaixo, as propriedades de, aproximadamente, 100g de carne, tanto animal quanto vegetal:

Carne bovina magra moída com 10% de gordura:

  • 217 calorias
  • 12g de gordura (das quais 5g são saturadas)
  • 90mg de colesterol
  • 70mg de sódio
  • 0g de carboidrato
  • 0g de fibra
  • 26g de proteína

Um Impossible Burger 2.0:

  • 240 calorias
  • 14g de gordura (das quais 8g são saturadas)
  • 0g de colesterol
  • 370mg de sódio
  • 9g de carboidrato
  • 3g de fibra
  • 19g de proteína

Bem parecidos, não é mesmo? É que, para atingir esse número de nutrientes, o hambúrguer plant-based recebe alguns fortificantes. E a semelhança não para por aí – para ficar, também, com aparência, sabor, textura e cheiro análogos, o Impossible Burger é composto por muitos ingredientes industrializados, tais como corantes, extratos e conservantes. Por exemplo, óleos de girassol e coco, metilcelulose, extrato de levedura, leghemoglobina de soja, dextrose cultivada e amido alimentar são alguns dos componentes.

Outro ponto considerado alarmante para Andrew Weil, um médico integrativo conhecido por sua Dieta Anti-Inflamatória, é o teor de sódio apresentado no Impossible Burger. Para se ter noção, um sanduíche Whopper, do Burger King, com carne bovina, contém 313mg de sódio, enquanto o Impossible Whopper, com carne vegetal, contém 1.240mg de sódio, quase quatro vezes a quantidade do sanduíche comum.

Ou seja, se a sua intenção é consumir alimentos naturalmente mais saudáveis e menos processados, a opção que mais se encaixa nas exigências é a carne animal. Agora, se a sua questão não é nutricional, mas sim ética e moral, vale a pena dar uma chance para a carne plant-based, com um adendo: ela é fonte de proteína, mas não deve substituir outros vegetais.

Fonte: CNET

tags

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site