Home > Notícias

Infra-estrutura: mais da metade dos sistemas são vulneráveis a ataques

Secure Computing diz que 14% das empresas de água, energia, óleo e gás acreditam que incidentes se repetirão em 2009.

IDG News Service/ EUA

11/11/2008 às 10h14

Foto:

Os sistemas que rodam as infra-estruturas computacionais dos serviços básicos, mundialmente, não são seguros como deveriam ser, revelou estudo da Secure Computing, realizado pela IDC, na segunda-feira (10/11). O levantamento envolveu 199 engenheiros de rede e administradores de nove indústrias essenciais globalmente - como água, energia, óleo e gás -, dos Estados Unidos, Canadá e Europa.

Mais de metade das empresas que participaram da pesquisa afirmam já terem sido vítimas de algum tipo de incidente online, vazamento de dados ou ataque originado na própria empresa. Além disso, 14% das empresas acham que algo parecido acontecerá em 2009.

Cerca de três quartos dos funcionários destas empresas estão insatisfeitos com a pouca preparação de suas próprias indústrias, sentindo-se “incomodados, bravos ou frustrados” com a situação de segurança da infra-estrutura.

Segundo o diretor de soluções para infra-estrutura da Secure Computing, Elan Winkler, as indústrias financeiras, de energia e telecomunicações são as mais preparadas. O executivo afirma que o maior impedimento para a implementação de segurança é o seu custo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail