Home > Notícias

INPI quer agilizar registro de patentes por meio da internet

Novo e-patentes, previsto para 2009, reduzirá prazo para exame de pedidos junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial.

Redação do IDG Now!*

13/01/2009 às 10h00

Foto:

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) vai implantar neste ano um sistema eletrônico para registro de patentes, que deve reduzir o prazo de exame dos pedidos. Além de agilizar o processo, o e-patentes poderá ajudar também na gestão dos registros, no futuro.

O presidente do INPI, Jorge Ávila, afirmou que a ideia é adaptar esses sistemas internacionais, como os desenvolvidos na Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI) e no Escritório Europeu de Patentes (EPO).

Atualmente, o sistema eletrônico já é utilizado para registro de marcas. Os pedidos são enviados pela internet, sem necessidade de papel, aponta Ávila.

O INPI também desenvolve estudos para melhorar a eficiência no exame de pedidos de patentes na área da biotecnologia e deve avançar, em 2009, nas discussões sobre a legislação brasileira, uma das mais restritivas do mundo nesse campo. O órgão já formalizou acordo com o EPO para utilização das ferramentas avançadas na área de biotecnologia.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail