Home > Notícias

Intel abandona idéia do overclock de SSDs, lança nova unidade de alto desempenho

Empresa fala em configurações RAID para atingir um desempenho de mais de 1 Gbps

Lucas Mearian, Computerworld EUA

27/02/2014 às 19h13

Foto:

No ano passado a Intel falou sobre a possibilidade de trazer ao mercado uma unidade SSD que permitiria aos usuários, através de uma interface intuitiva, fazer o “overclock” de seu controlador para aumentar o desempenho. Esperava-se que esse SSD chegasse ao mercado no início de 2014, mas a data passou sem que nada acontecesse.

Hoje a Intel anunciou que não irá lançar tal produto. Em vez disso, a empresa optou levar o controlador de seus novos SSD da Série 730 “ao limite” na fábrica, e oferecê-los ao usuário com sua típica garantia de 5 anos. As novas unidades são voltadas a quem precisa de alto desempenho no acesso ao disco, como criadores de conteúdo digital, profissionais que lidam com captura de vídeo e gamers.

Segundo informações de executivos da empresa durante uma teleconferência, o motivo que levou a Intel a não lançar seu SSD “modificável” foi o fato de que a empresa seria incapaz de oferecer uma garantia completa em um produto cujo desempenho pode ser manipulado pelos usuários.

A Intel diz que os SSD da Série 730 são os “carros-chefe” de sua linha de unidades para o consumidor, com um aumento de 50% na velocidade do controlador e 20% na velocidade do barramento NAND flash em relação à série anterior, a 530. Os novos SSDs estarão nos distribuidores nos EUA em 18 de Março.

A Intel aumentou o clock do controlador de seus SSDs de 400 para 600 MHz, e a velocidade do barramento NAND de 83 para 100 MHz. “Decidimos ver até onde o controlador aguentava na fábrica e travá-lo nessa frequência”, disse Justin Whitney, um gerente de marketing da Intel.

Os SSDs da Série 730 estão disponíveis em capacidades de 240 e 480 GB. Eles não tem capacidade nativa de criptografar os dados, como tem alguns outros modelos. Embora os preços não tenham sido informados, de acordo com Whitney as unidades estarão disponíveis por “pouco menos” que US$ 1 por gigabyte de capacidade. Muitos SSDs para o consumidor são atualmente vendidos por cerca de 60 a 70 centavos de dólar por gigabyte.

blackfriday50889ciodgf.jpg

Alto desempenho

Ao “turbinar” o controlador, a Intel transformou o SSD Série 730 no que segundo ela é o SSD para consumidores de maior desempenho no mercado, considerando cargas de trabalho “não comprimíveis”, chegando a 550 MB/s na leitura sequencial e 450 MB/s na escrita sequencial. Um SSD da Série 730 pode quase saturar uma interface SATA 3 (6 Gigabits por segundo, ou 600 MB/s), de acordo com Whitney.

Por causa do aumento no desempenho, a Intel pretende educar os usuários quanto a configurações RAID (onde várias unidades trabalham em conjunto) e como o desempenho de mais de uma unidade pode ser usado para atingir novos níveis na transferência de dados.

Por exemplo, ao combinar dois SSDs Série 730 em um array RAID 0 (onde dados são divididos igualmente entre dois discos) o desempenho dobra para mais de 1.000 MB/s. Segundo Whitney, quatro SSDs Série 730 em RAID 0 conseguiriam uma velocidade de leitura de mais de 1.500 MB/s.

Os SSDs da Série 730 foram construídos com os gamers e criadores de conteúdo digital em mente, especialmente aqueles que trabalham com conteúdo de vídeo em resolução Ultra HD (ou 4K). “À medida em que olhamos à frente e vemos mais e mais conteúdo em 4K, vemos também um aumento na necessidade de desempenho”, disse Whitney.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail