Home > Notícias

Intel, AMD e VIA apresentam novos processadores na CES

Chips tem menor consumo, maior desempenho e otimizações para melhorar o desempenho gráfico na reprodução de vídeo em alta definição

Rafael Rigues, PC World Brasil

04/01/2011 às 15h49

Foto:

Não é só de smartphones, tablets, câmeras e TVs 3D que vive a CES. O fabricantes de processadores também aproveitam a feira para anunciar produtos, e neste ano Intel, AMD e VIA tem novas famílias de chips em exposição. Preste atenção, pois em breve eles podem estar dentro de um computador perto de você.

Intel

O destaque da Intel é a segunda geração de processadores de sua família Core (composta pelas linhas Core i3, Core i5 e Core i7). Baseados em uma nova arquitetura de hardware batizada de “Sandy Bridge”, os chips são produzidos com um processo de 32 nm e tem como principais características o melhor desempenho, consumo de energia reduzido e uma nova geração de gráficos integrados.

Graças aos melhores gráficos, PCs equipados com os novos chips tem a capacidade de reproduzir vídeo Blu-ray Full HD 3D e um sistema batizado de “Quick Sync”, que acelera significativamente processos de conversão de vídeo entre diferentes formatos. Ambas tarefas que até o momento só eram possíveis com o uso de placas de vídeo (GPUs) dedicadas.

Já estão disponíveis no mercado 10 novos modelos de processadores nas famílias Core i5 e Core i7. A família Core i3 deve ganhar três modelos da nova geração em fevereiro. Os preços, nos EUA, variam de US$ 177 por um Core i5-2300 a 2.8 GHz, até US$ 317 por um Core i7-2600K de 3.4 GHz. Você também vai precisar de uma placa-mãe, pois os novos chips usam o soquete LGA-1155, não compatível com o soquete dos chips atuais.

AMD

A AMD anuncia a primeira geração de chips Fusion, que integram em uma única pastilha, produzida em processo de 32 nm, um processador multi-core e uma GPU compatível com DirectX 11, capaz de acelerar a reprodução de vídeo em alta-definição.

A primeira geração de chips, batizada de “A-Series” e de codinome “Llano”, tem processadores com até quatro núcleos e uma GPU. Segundo a AMD, os processadores Fusion se destacam pelo baixo consumo de energia: modelos da futura C-Series, voltada para netbooks, consomem apenas 9W a 1 GHz, o que deve possibilitar a criação de portáteis com autonomia de bateria de até 10 horas.

Fabricantes como Acer, Asus, Dell, Fujitsu, HP, Lenovo, MSI, Samsung, Sony e Toshiba devem anunciar em breve máquinas equipadas com os novos processadores AMD Fusion.

VIA

Já a VIA, que não tem tanta presença junto ao consumidor final, anunciou o Via Nano X2, uma nova geração de seu processador para sistemas de baixo consumo (onde concorre com o Atom da Intel) equipado com dois núcleos. O chip é produzido em processo de 40 nm e baseado na mesma arquitetura Isaiah de 64-Bit que já é usada nos atuais modelos single-core.

Segundo a fabricante, o novo chip é compatível com o conjunto de instruções SSE4 e traz recursos como suporte a virtualização em hardware (VT CPU) e um sistema de segurança batizado de VIA Padlock. O novo chip é totalmente compatível com os outros processadores da empresa (VIA Nano, VIA C7, VIA C7-M e VIA Eden), já que usa o mesmo soquete, o que irá facilitar sua adoção pelos fabricantes de hardware, já que não exige o desenvolvimento de um novo projeto de placa-mãe.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail