Home > Notícias

Intel apresenta nova linha de processadores Sandy Bridge

Com previsão de chegar ao mercado em 2011 e trazendo em uma só peça CPU e GPU, modelo suporta streaming de vídeo HD e reduz o consumo de energia.

IDG News Service (Nova York)

14/09/2010 às 9h23

Foto:

A Intel fez as primeiras demonstrações da nova tecnologia de chips da segunda geração Intel Core. A linha, batizada de Sandy Bridge, se diferencia de outros produtos do mesmo segmento por trazer em uma mesma peça os processadores centrais (CPU) e uma GPU - responsável por processar os dados da placa gráfica.

Motivações

O analista do Gabriel Consulting Group, Dan Olds, lembra da época em que unificar processadores era sinônimo de soluções baratas e de baixo desempenho geral. "Mas a Intel compreende que a carga de trabalho dos processadores gráficos aumentou e presta atenção para esse fato", diz. Olds também vê que a unificação dos chips (CPU e GPU) em um único componente vai reduzir custos e diminuir o consumo de energia.

Turbo Boost

Outra novidade é que esse casamento vai estender a função "Turbo Boost", em que os chips aumentam a frequencia de trabalho à medida que os processos assim demandam, à parte gráfica. Se o overclocking de placas de vídeo não é, em realidade, nada novo, a diferença se dá em função desse processo funcionar gerido pelo sistema operacional, no caso, o Windows.

Sentado à frente da direção de operações para o segmento de PCs clientes Intel, Stephen Smith, informa como o processador deve funcionar com a distribuição da carga de trabalho. "Imagine um jogo que demanda alta carga gráfica; se o sistema entender que em determinada hora o drwaing (exposição dos elementos gráficos na tela) é mais importante que o resto do game, o chip gráfico deverá ser priorizado. Mas, em circunstâncias que pedem mais ênfase da CPU, como em casos de renderização, a frequencia da CPU será incrementada para dar conta da carga de trabalho.

 

Tabela Sandy


Extreme

 

A performance do Sandy Bridge deve superar quase toda a linha atual de processadores Intel. Munidos com dois e quatro núcleos, essa segunda geração de chips só deve perder para o Core i7 Extreme, já disponível no mercado. Resta saber qual será a performance da versão Extreme da família Sandy Bridge. A nova série Intel Core deve chegar ao mercado a partir do primeiro semestre do ano que vem.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail