Home > Notícias

Intel derruba preços em até 50% e acirra competição com a AMD

Redução nos preços afeta 12 modelos de processadores, principalmente aqueles fabricados com tecnologia de 65 nanômetros.

Computerworld/EUA

04/04/2008 às 9h13

Foto:

A Intel está cortando os preços de alguns dos seus processadores em até 50%, um claro ataque à rival AMD, conhecida por ser a alternativa em preços no mercado de chips.

O anúncio foi feito no site da Intel, no domingo (20/04). A empresa reduziu os preços de uma dúzia de modelos de processadores. Segundo o porta-voz Patrick Ward, a maior parte dos cortes foi feita nos chips de 65 nanômetros, que estão sendo gradativamente descontinuados em favor dos modelos de 45 nanômetros.

Leia também:
> Testes com Penryn da Intel não surpreendem
> Chip de 4 núcles e 45 nanômetros
> Testamos o Spyder, o chip de quatro núcleos da AMD

“Estamos no processo de atualizar nossa linha. Se você vê um chip de 65 nanômetros, é tecnologia mais velha e estamos nos afastando dela” disse ele.

Na nova lista de preços, o valor do Core 2 Quad Processor Q6700 caiu de 530 dólares para 266 dólares, em lotes de mil unidades – uma variação de 50%. O Intel Xeon X3230 também teve o preço reduzido pela metade, de 530 dólares para 266 dólares.

Outros destaques foram o Core 2 Duo E6850, cujo preço caiu de 266 dólares para 183 dólares – uma redução de 31% - e o Intel Celeron 430 teve um corte de 23%, chegando ao preço final em 34 dólares. No Intel Xeon 3085,a  queda foi de 266 dólares para 188 dólares.

Para Dan Olds, analista do Gabriel Consulting Group, é comum a Intel cortar os preços de chips, mas não cortes tão agressivos em tantos chips de uma vez.

“Isso realmente coloca pressão sobre a AMD”, ele acrescentou. “A Intel cobre o mercado do nível mais alto ao mais baixo, com múltiplas escolhas em praticamente qualquer patamar de preço – todos competitivos em preço e performance. Resumindo, não está fácil competir com eles”, destacou o analista.

A AMD disse que está dentro do cronograma para entregar seus primeiros chips de 45 nanômetros em volume no quarto trimestre deste ano. Se cumprir o prazo, a empresa estará um ano trás da rival Intel, que iniciou a venda dos chips Penryn de 45 nanômetros em novembro passado.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail