Home > Notícias

Intel desaprova críticas feitas por seus executivos ao iPhone

Intel critica declarações de seus executivos afirmando que a internet do iPhone não é satisfatória e admite que não oferece um produto a altura.

IDG News Service/Bureau

24/10/2008 às 9h12

Foto:

A Intel criticou a declaração feita por seus executivos de que o iPhone da Apple não oferece uma internet satisfatória. As afirmações, feitas na conferência Intel Developer Forum, em Taipé, no Taiwan, foram consideradas inapropriadas pela companhia.

A fabricante de chips também admitiu que seus próprios chips ainda não são capazes de fazer parte de um aparelho como o iPhone.

Os executivos da Intel Shane Wall e Pankaj Kedia afirmaram que o iPhone era lento e não oferecia uma internet satisfatória devido aos processadores Arm contidos no dispositivo, em vez do chip da Intel.

Os comentários dos executivos - que omitiram que a Intel não tem um processador que oferece potência a um dispositivo como o iPhone - foram divulgados no site ZDNet Australia.

“O iPhone da Apple é um produto extremamente inovador que permite novas oportunidades de mercado. As declarações feitas em Taiwan foram inapropriadas e os representantes da Intel não deveriam ter comentado sobre designs de clientes específicos”, afirmou a companhia em seu site.

“O Atom, processador de baixa potência da Intel, ainda não está ao alcance das características de vida útil da bateria do procesador Arm, presente no iPhone”, afirmou a Intel.

Os comentários de Wall e Kedia se contradisseram com outras declarações de executivos da Intel, que geralmente despejam elogios ao iPhone pelo seu design e sucesso, oferecendo aos usuários um fácil acesso a internet.

As afirmações talvez possam colocar a Intel em uma difícil situação com a Apple, uma vez que a empresa acredida que seus processadores de baixa potência possam ser usados pela Apple em futuros produtos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail