Home > Notícias

Intenção do brasileiro em comprar PC e celular cai em 2009

Crise financeira e equilíbrio do mercado após forte crescimento nos últimos anos explicariam queda, diz Observador Brasil 2009.

Daniela Braun editora-executiva do IDG Now!

01/07/2009 às 12h41

Foto:

A intenção de compra de bens duráveis, incluindo celulares e PCs, caiu em 2009, após 3 anos de crescimento consecutivo, segundo a pesquisa Observador Brasil 2009, divulgada pela financeira Cetelem nesta quarta-feira (1/7).

De acordo com o estudo, realizado em parceria com a consultoria Ipsos, os planos dos brasileiros de comprar celulares neste ano caiu para 21% dos entrevistados, contra 24% de pessoas que afirmaram querer comprar um novo aparelho no ano anterior.

A intenção de compra de computadores domésticos também caiu em 2009, atingindo 17% dos entrevistados, contra 20% que disseram que gostariam de adquirir um PC em 2008.

A pesquisa contempla 12 bens de consumo duráveis, incluindo, além de celulares e computadores, geladeira, fogão, móveis, TV e carro, entre outros.

A intenção de compra de todos os produtos pesquisados pelo estudo caiu entre 1 ponto percentual ou 3 pontos percentuais em 2009 na comparação ao ano anterior.

Segundo o presidente da Cetelem, Marc Campi, os telefones celulares e PCs experimentaram um crescimento muito acelerado nos últimos três anos. Como exemplo, ele afirma que, no período, a intenção de compra dos produtos era de 19¨% e 17% dos entrevistados, respectivamente.

Para as duas categorias, a Cetelem justifica a queda usando dois fatores: o consumo expressivo desses bens nos últimos dois anos - como as pessoas já compraram PCs e celulares, há um equilíbrio natural do mercado - e a queda de confiança na situação econômica futura, que tem como desdobramento a redução no consumo destes bens.

Para determinar a intenção de compra dos bens duráveis em 2009, a pesquisa Observador Brasil ouviu 1,5 mil pessoas em 70 cidades brasileiras durante dezembro de 2008.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail