Home > Notícias

Interface do Windows 7 não é tão simples, aponta especialista

Autor do Windows Vista Secrets aponta que a busca da Microsoft em tentar simplificar plataforma pode acabar trazendo mais dificuldades aos usuários.

Industry Standard/EUA

04/12/2008 às 10h02

Foto:

A Microsoft tem buscado simplificar a interface do Windows 7, mas essa tentativa está na verdade fazendo com que seja cada vez mais difícil utilizar a nova plataforma, apontou o especialista em Windows Paul Thurrott em seu blog SuperSite.

Thurrott, autor do livro Windows Vista Secrets, baseou suas observações nos lançamentos pré-beta. Na sua nota, postada na terça-feira (02/12), Thurrott explicou a diferença entre simples e fácil, usando a ausência do botão “Back” no iPhone como exemplo.

Um botão a menos, seja como hardware ou como ícone na tela, torna o iPhone simples. Mas se você clicar em um link no e-mail e examinar o resultado da página, vai querer retornar à mensagem original. Isso definitivamente não é fácil.

A interface do Windows 7, de acordo com o especialista, aborda problemas similares. Um exemplo foi a intenção da Microsoft em simplificar a barra de ferramentas com a eliminação do Quick Launch Toolbar.

Se você quiser a conveniência de inserir seus programas favoritos na barra de tarefas, você "pode simplesmente misturar e criar atalhos (para aplicativos, documentos e localização de pastas) com botões que representam janelas abertas”.

Mas o resultado da barra de tarefas não fará distinção entre atalhos de aplicativos e claras execuções de janelas.

Outros exemplos incluem as dificuldades com a nova função Jump List e uma configuração padrão que oculta todos os ícones.

A Microsoft anunciou que irá distribuir cópias  da versão beta do Windows 7 na Microsoft Developer Conferences que acontece de 9 de dezembro a 19 de fevereiro em diversas cidades nos EUA.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail