Home > Notícias

Internet é destino de quase 1/3 dos que estão ociosos, diz estudo

Média é independente do total das horas de folga. TNS Global aponta que jovens chineses e estudantes são os mais conectados.

Redação do IDG Now

16/12/2008 às 9h34

Foto:

As pessoas gastam, mundialmente, 30% de seu tempo livre na internet, afirma o estudo “Mundo Digital, Vida Digital”, da TNS Global.

O estudo aponta que, independente da quantidade de horas diárias livres, o tempo que as pessoas permanecem conectadas é o mesmo.

Entre as atividades mais populares, está o acesso a buscadores (81%), leitura de notícias (76%), uso de internet banking (74%), consulta à previsão do tempo (65%) e pesquisa por produto ou serviço antes de uma compra (63%).

Os temas de entretenimento não foram tão populares - assistir a vídeos e ouvir música ficaram com 51% e 44% das preferências.

O público que mais acessa é o chinês - os jovens consomem 50% de suas horas livres conectados à web. No geral, o grupo que envolve estudantes vem logo em seguida, com 40% do tempo pessoal gasto online.

Entre os países analisados, os jovens com menos de 25 anos de idade gastam 36% de suas horas livres na internet.

O tempo de navegação médio dos brasileiros, em novembro, foi de 23 horas e 47 minutos, segundo o Ibope//NetRatings.

O acesso à web pelo celular ainda não é tão popular, mas 10% se conectam ao menos uma vez por dia dessa forma. No Japão e China, 25% usam o celular para acessar a web.

A TNS entrevistou 27.522 pessoas em 16 países, com idade entre 18 e 55 anos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail