Home > Notícias

Internet residencial cai 1% em junho, para 22,9 milhões de usuários

Contudo, número é quase 27% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, revela pesquisa do IBOPE//NetRatings.

Redação do IDG Now!

24/07/2008 às 13h06

Foto:

Em junho, a internet residencial brasileira registrou 22,9 milhões de usuários, apresentando uma queda de 1% em relação ao balanço de maio e uma alta de 26,9% sobre os 18 milhões de internautas residenciais em junho de 2007, informa o relatório mensal do IBOPE//NetRatings, nesta quinta-feira (24/07).

Na média do trimestre, a quantidade de pessoas com potencial para acessar a internet residencial em casa se manteve em 35,5 milhões.

No primeiro trimestre de 2008, de acordo com o Global Internet Trends (GNetT), 41,5 milhões de brasileiros com idade a partir de 16 anos informam ter acesso à internet em casa, trabalho, escola, cybercafés, bibliotecas ou em outros locais.

O tempo médio de navegação do brasileiro em casa no mês de junho (23 horas e 12 minutos) caiu 36 minutos em relação a maio, mas permanece o índice mais alto entre os dez países medidos com a mesma metodologia - Brasil, Estados Unidos, Austrália, Japão, França, Alemanha, Itália, Suíça, Espanha e Reino Unido.

Os países que mais se aproximaram do tempo residencial médio do internauta brasileiro foram a Alemanha (20h11min), os Estados Unidos (19h52min), a França (19h50min) e o Japão (19h31min).

A queda em volume de internautas e tempo de navegação já era esperada pelo IBOPE//NetRatings, tendo em vista que junho é um mês de 30 dias. No entanto, a pesquisa destaca que a média de tempo diária por usuário foi a maior já observada pela avaliação.
++++
Tendo em vista as férias de junho, as categorias com melhor desempenho por número de usuários residenciais no mês passado, em relação a maio, foram “Viagens e Turismo”, com crescimento real de 7,4% (6,614 milhões de visitantes únicos residenciais), “Casa e Moda”, que cresceu 4,81% (7,686 milhões de visitantes únicos), e  “Educação e Carreira”, com 4,02% de aumento real no número de usuários e com visitas de 12,4 milhões de pessoas.

Já no período de um ano, enquanto a internet residencial ativa cresceu 26,9% em número de usuários, algumas categorias cresceram mais: “Viagens e Turismo” (42,14%), “Educação e Carreira” (33,2%), “Casa e Moda” (30,78%), “Entretenimento” (30,2%) e “Telecom e Serviços de Internet” (28,52%).

Por tempo de utilização, as categorias com melhor desempenho anual foram “Entretenimento”, com crescimento de 25% no tempo por pessoa (3h02min por internauta), “Casa e Moda”, 24,3% de crescimento (14min por usuário) e “Finanças, Seguros e Investimentos”, com 18,3% de aumento no tempo médio por pessoa (50 minutos de uso) em junho.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail