Home > Notícias

Investimento em TI por bancos brasileiros foi de R$ 15 bi em 2007

Dados da Febraban revelam que valor foi 4% maior do que o registrado em 2006 e que novas tecnologias consumiram R$ 6,2 bilhões.

Fabiana Monte, editora-assistente do Computerworld

27/05/2008 às 12h57

Foto:

O setor bancário brasileiro consumiu cerca de 15 bilhões de reais em tecnologia da informação durante o ano de 2007, valor 4% maior do que o registrado em 2006. As informações são da Febraban.

Desse montante, os bancos investiram 6,2 bilhões de reais na aquisição de novas tecnologias, alta de 16% na comparação ano a ano (e 41% do total de gastos do bancos com TI).

Em maio do ano passado, a previsão da Febraban de gastos com TI era de 15,5 bilhões de reais com TI, valor 500 milhões de reais maior do que o realizado.

A previsão de investimentos, por sua vez, ficou maior do que a expectativa, já que os investimentos realizados pelos bancos em TI ficou maior em 300 milhões de reais (6,2 bilhões de reais realizado contra a previsão de 5,9 bilhões de reais).

A associação indica que os maiores investimentos dos bancos estiveram na aquisição de hardware (de mainframe a storage, ATMs, robôs e PCs), mas também envolveram a compra de software de terceiros (juntos, representam 30% dos gastos totais). Já entre as despesas, hardware e telecom (cada um com 17% do orçamento) representaram os maiores gastos dos bancos com TI.
++++
Os investimentos em TI no setor bancário vêm crescendo anualmente. Em 2005, representavam 35% dos gastos totais com tecnologia e em 2006 chegaram a 37%. A estimativa para 2007, era de que os investimentos somassem 38% do valor total destinado à TI, mas o percentual chegou a 41%.

Segundo Luiz Marques, consultor da Febraban, no Brasil, o setor financeiro responde por 20% a 25% do total dos investimentos em tecnologia. Para Carlos Eduardo Correia da Fonseca, diretor de tecnologia da Febraban, os bancos brasileiros investem bastante em TI. "Os investimentos são muito compatíveis com o crescimento que o Brasil vem experimentando nos últimos anos", afirma. A Febraban não tem previsão de investimentos do setor em 2008.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail