Home > Notícias

iPad aumenta domínio enquanto rivais preparam novas armas

Segundo pesquisa, tablet da Apple registrou quase 70% do mercado no último trimestre. Google, com Nexus 7, e Microsoft, com Surface, podem ser principais ameaças.

PC World / EUA

26/07/2012 às 12h51

Foto:

O iPad aumentou ainda mais seu domínio no mercado de tablets no último trimestre, mas a arena está prestes a ficar muito mais cheia na segunda metade de 2012.

De acordo com a consultoria Strategy Analytics, o iPad respondeu por 68,3% de todos os envios mundiais de tablets no segundo trimestre de 2012. Isso corresponde a um aumento de quase 10% em relação ao último trimestre de 2011, e de 7% em uma comparação com o mesmo período do ano passado.

Em outras palavras, a Apple está se distanciando de seus concorrentes, como o Kindle Fire, da Amazon, e o Nook Tablet, da Barnes & Noble. Esses tablets tiveram um forte início no mercado nas festas de final de ano em 2011, mas registraram uma queda significativa em 2012, de acordo com a consultoria Yankee Group e outros analistas.

A fatia de mercado da Apple, na verdade, deve ser ainda maior do que o informado pela Strategy Analytics. Isso porque a fabricante afirma ter comercializado 17 milhões de iPads no último trimestre, que é o mesmo número usado pela consultoria no relatório. Mas para todas as outras companhias rivais, a Strategy leva em conta apenas “envios”, o que inclui itens de inventário não vendidos, ainda nas prateleiras das lojas. Assim, os números da Strategy Analytics não nos dizem realmente quantas pessoas compraram os tablets Android, Windows, ou com outros sistemas operacionais.

O panorama pode parecer desanimador para os rivais do iPad, mas há alguns pontos com luz à frente. A Google acaba de lançar seu tablet Nexus 7, e apesar de a gigante de buscas não ter revelados números, o aparelho de 7 polegadas está com estoques baixos nas revendas.

Leia também:

- "A Apple pode precisar de um Surface", diz Bill Gates

novoipad_apps.jpg

Novo iPad chegou neste ano trazendo a tela Retina como principal novidade

Se os reviews servem de algum indicativo, o Nexus não será apenas um sucesso nas festas de final, mas em um tablet de baixo custo que as pessoas realmente vão amar. Rumores apontam, inclusive, que a Apple estaria planejando um tablet de tamanho e custo menores para competir com o aparelho da Google.

Enquanto isso, a Microsoft está preparando seu tablet Surface, e outras fabricantes de tecnologia terão seus próprios tablets e híbridos rodando o Windows 8. Apesar de tablets Android com telas maiores terem falhado, a fabricante do Windows espera ter sucesso com um melhor suporte para os desenvolvedores e alguns recursos interessantes, como a habilidade de abrir dois aplicativos juntos na tela. O Windows também já tem uma enorme base de usuários. Por isso, se essa grande renovação do sistema não espantar essas pessoas, o Surface pode ser o primeiro desafiante de verdade do iPad e sua tela de 9,7 polegadas.

surface_preto-435px.jpg

Surface, da Microsoft, roda Windows 8 e tem case que vira teclado e apoio

O mercado móvel está tão cheio de tantas viradas e mudanças que é quase impossível prever o que vai acontecer. (Exemplo: há um ano, a Gartner previu que o sistema WebOS, da HP, teria 3% do mercado em 2011. Agora, ele nem existe mais.) Mas uma coisa é certa: o iPad não vai a lugar algum.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail