Home > Notícias

iPad e Mac roubados “entregaram” ladrão da casa de Jobs para polícia

Segundo jornal, polícia encontrou criminoso por causa de atualização de sistema dos aparelhos. Jóias, Apple TV e carteira de Jobs também foram furtadas.

Macworld / Reino Unido

15/08/2012 às 11h43

Foto:

A polícia conseguiu rastrear o ladrão da casa de Steve Jobs na Califórnia quando o criminoso ligou o iPad e Mac roubados.

Mas não foi por causa do serviço de rastreamento Buscar Meu iPhone, mas sim porque os aparelhos em questão exigiram uma atualização de software. Uma força-tarefa formada por funcionários da Apple e polícia local rapidamente rastreou os aparelhos até o ladrão.

O ladrão, Kariem McFarlin, também levou a carteira de Jobs (incluindo sua carteira de motorista, cartão de crédito, e um dólar em dinheiro), dois iMacs, três iPads, uma Apple TV, dois colares da joalheria Tiffany no valor de cerca de 58 mil dólares (120 mil reais), e uma máquina de bebidas Sodastream, de acordo com o jornal The Daily.

A viúva de Jobs, Laurene Powell, não estava em casa quando o roubo aconteceu.

jobsesposa01

Jobs e Laurene: viúva não estava em casa no dia do assalto

Durante interrogatório, McFarlin adimitiu que não sabia que estava dentro da casa de Jobs até encontrar uma correspondência com o nome do fundador da Apple.

Conforme noticiado ontem, 14/8, a polícia confirmou que a casa de Jobs foi assaltada em 17 de julho. O suspeito está sob custódia e pode pegar uma pena máxima de sete anos e oito meses.

A casa localizada em Palo Alto, Califórnia, é descrita como sendo “relativamente modesta”. A residência estava passando por reformas em julho, e segundo informações a família do ex-CEO da Apple não estava vivendo no local à época do crime.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail