Home > Notícias

iPhone 2019: os principais rumores sobre o próximo smartphone da Apple

Novo iPhone pode trazer processador A13 de 7 nm e sistema de câmeras triplas. Carregador de 5W e conector Lightining devem permanecer

Equipe Macworld (EUA)

23/02/2019 às 17h35

Foto: Shutterstock

O que está reservado para o novo iPhone em 2019? Nós não saberemos oficialmente até setembro, mas até lá você pode apostar que os rumores estão a todo vapor. E aqui nesta página reunimos tudo o que está sendo dito, além de algumas análises e se algum boato parece ou não viável.

Processador A13

Um relatório do DigiTimes afirma que o iPhone 2019 terá um processador "apelidado de A13". Será um chip de 7 nanômetros fabricado pela Taiwan Semiconductor Manufacturing Company.

Pode ser verdade? Os relatórios do DigiTimes nem sempre são confiáveis, mas este faz sentido logicamente – os novos telefones top de linha da Apple geralmente têm novos processadores. A atual CPU no iPhone XS é o A12 Bionic, e foi o primeiro processador de 7 nm, então o relato de que o A13 também será 7 nm parece legítimo.

Carregador de 5W

O site japonês MacOtakara relata que o adaptador de energia permanecerá inalterado para o iPhone 2019. Ele terá o familiar adaptador de 5W com um conector USB-A. MacOtakara também relata que o novo telefone incluirá um cabo USB-A para Lightning, indicando que a Apple não irá mudar o iPhone de um conector Lightning para um conector USB-C, como já foi dito anteriormente.

Pode ser verdade? A Apple gosta de suas margens de lucro, então optar pelo adaptador de 5W em vez de um mais rápido, que é mais caro para produzir, parece muito provável. Se você quer um carregador Apple mais rápido, dê uma olhada no nosso resumo de testes dos adaptadores de energia do iPhone. Quanto ao boato de que a Apple não vai mudar de Lightning para USB-C, ainda é difícil dizer. Como a Apple usa o USB-C no iPad Pro, é fácil concluir que o iPhone de 2019 o seguirá. Mas os rumores de que a companhia está mudando isso no iPhone não são muito sólidos e se baseiam principalmente em especulações de analistas.

Sitema de três câmeras

O rumor da traseira do iPhone 2019 de três câmeras continua, desta vez com um relatório da Bloomberg. Ele diz que a Apple está atualmente testando iPhones com um sistema traseiro de câmera tripla que será encontrado em modelos maiores do dispositivo. A terceira câmera permitirá um campo de visão maior, uma faixa maior de zoom e a capacidade de capturar mais pixels. A Apple também está trabalhando em uma nova versão do Live Photos, que é de 6 segundos - um aumento dos atuais 3 segundos.

A Bloomberg também relata o que poderíamos ver na câmera traseira do iPhone 2020. A Apple planeja equipar o novo telefone com uma "câmera 3D mais poderosa". Essa câmera permitiria que a Maçã tomasse medidas para implementar mais e melhores recursos de realidade aumentada, e também produziria fotos com mais profundidade.

O iPhone atual tem uma câmera 3D, mas é a câmera de selfie usada para o Face ID. A câmera 3D atual trabalha a distâncias entre 25 e 50 centímetros; a nova implementação funcionará a uma distância de até 4.5 metros. Além disso, a câmera atual usa tecnologia de projeção de pontos; a nova deve usar um scanner a laser.

Pode ser verdade? O boato sobre o sistema traseiro de três câmeras começou há alguns meses, então o relatório da Bloomberg mostra que é mais do que provável que isso aconteça. A grande novidade é a câmera 3D no iPhone 2020. O fato de a Apple ter falado muito sobre realidade aumentada faz com que esse rumor pareça plausível. Mas até agora, os passos que a empresa deu para a implementação e recursos dessa tecnologia parecem incrementais. Este seria um grande passo.

Rumores do iPhone 2019 usando três câmeras começaram em abril do ano passado, embora não houvesse muitos detalhes sobre como o sistema de três câmeras funcionaria. O rumor ganhou nova vida no início deste mês, quando um relatório da Digit apresentou os renders em vazamentos ​​adquiridos por Steve Hemmerstoffer.

O relatório da DigiTimes diz que os três iPhones de 2019 (que eles chamam de “iPhone XI”) terão três câmeras traseiras, duas que estão alinhadas entre si e outra que está ao lado. O site especula que a câmera offset poderia ser uma câmera 3D, baseada em um relatório da Bloomberg, que dizia que a Apple estava interessada na produção de sensores 3D da próxima geração da Sony.

Steve Hemmerstoffer lançou mais tarde novas reproduções de protótipos do iPhone 2019 com um sistema de três câmeras. Os renders, postados pelo CompareRaja, mostram os sensores centralizados em uma orientação horizontal, em vez da linha vertical no canto. A página diz que ambos os conjuntos de renders são "protótipos 100% legítimos", mas "nada está definido ainda."

Hemmerstoffer afirma ainda que as câmeras traseiras terão 10 megapixels e 14 megapixels, em vez da atual configuração dupla de 12 megapixels. Presumivelmente, eles serão uma grande angular e uma de zoom. Os detalhes do terceiro sensor são desconhecidos – pode ser um sensor de câmera de resolução e zoom desconhecidos ou um sensor de profundidade. A câmera frontal também será atualizada de 7 megapixels para 10.

iPhone XR pode ter sistema de câmera dupla

Embora o próprio Tim Cook tenha admitido que o iPhone XR não está vendendo tão bem quanto ele esperava, parece que a Apple ainda não está pronta para desistir. O Wall Street Journal relata que a Apple continuará com a linha de três modelos em 2019, com o iPhone XR LCD ancorando mais uma vez os aparelhos mais baratos da série. A publicação diz que uma família com todos os OLEDs poderia estar esperando por 2020. No entanto, haverá uma melhoria notável: o XR receberá uma configuração de câmera dupla para coincidir com a do iPhone XS, enquanto o XS Max recebe o nova matriz de três câmeras.

Pode ser verdade? Definitivamente. O iPhone XR é um dos melhores telefones que a Apple já fez, e seria loucura matá-lo depois de apenas um ciclo. Além da câmera extra, a Apple provavelmente tem alguns outros refinamentos, mas a questão que temos é: como a Apple vai diferenciá-la do XS? A configuração da câmera foi, de longe, a maior diferença entre os dois modelos, portanto, se a Apple tirar essa vantagem, que benefício os compradores terão de gastar US$ 250 (ou o que custar no próximo ano) no XS?

Entalhe menor

O entalhe na tela do iPhone não serve apenas para fins funcionais, mas também deu ao iPhone uma aparência instantaneamente reconhecível (pelo menos até outras empresas copiá-lo). Mas se os rumores forem precisos, não espere que o entalhe seja uma característica antiga do iPhone.

A AMS, uma fabricante de sensores, anunciou que criou um novo sensor óptico que pode “medir com precisão a intensidade da luz ambiente por trás de uma tela OLED.” Segundo a Reuters, a Apple usa sensores ópticos AMS para reconhecimento facial 3D no iPhone, então não é tão difícil pensar que a companhia gostaria de usar o novo TCS3701 Color e Proximity Sensor, da AMS, no próximo iPhone. Isso poderia resultar em um entalhe muito menor, ou talvez nenhum entalhe.

Pode ser verdade? A Apple e a AMS tem um relacionamento estabelecido (a Reuters afirma que a Apple responde por 45% dos negócios da AMS), e rumores de que a Apple está querendo reduzir ou eliminar o preço já desapareceram há algum tempo.

Mas a luz ambiente e os sensores de proximidade são duas das menores partes do módulo TrueDepth que constituem o entalhe do iPhone. Muito maiores são a câmera frontal tradicional, a câmera frontal infravermelha, o alto-falante e o emissor de ponto infravermelho. A fim de tornar o entalhe visivelmente menor, a Apple precisaria combinar ou eliminar alguns desses elementos. Dada a sua colocação atual, simplesmente movendo o sensor de proximidade e sensor de luz ambiente por baixo do visor OLED, de acordo com este rumor, não faria nada.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail