Home > Notícias

iPhone 3G chega a mais 22 países

Apple começa a vender seu telefone em 22 novos mercados hoje (22), a caminho da meta de 70 países até o fim de 2008.

Macworld/EUA

22/08/2008 às 19h18

Foto:

A Apple iniciou hoje (22) a segunda leva de vendas do iPhone 3G,  após a comercialização inicial em julho. Agora, é possível comprar o aparelho em mais 22 países, que são:

  • Argentina
  • Chile
  • Colômbia
  • República Tcheca
  • Equador
  • El Salvador
  • Estônia
  • Grécia
  • Guatemala
  • Honduras
  • Hungria
  • Índia
  • Liechenstein
  • Macau
  • Paraguai
  • Peru
  • Filipinas
  • Polônia
  • Romênia
  • Singapura
  • Eslováquia
  • Uruguai

O iPhone 3G foi lançado originalmente em 21 países no dia 11 de julho: Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Hong Kong, Irlanda, Itália, Japão, México, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos. No dia 17 de julho, o aparelho começou a ser vendido em 17 de julho. A Apple disse que vendeu 1 milhão de iPhones no primeiro final de semana.

>>>Leia também:
Resolva mais problemas do iPhone 3G
iMac 10 anos: o computador que mudou o mundo
10 questões sobre o iPhone no Brasil
TubeTV faz downloads do YouTube

A segunda onda de lançamentos do iPhone 3G foi anunciada durante a conferência de divulgação de resultados da Apple, quando executivos informaram a estréia do aparelho em mais 20 países no dia 22 de agosto. Tudo isso faz parte do plano da Apple de levar o iPhone 3G a 70 países até o final do ano, com a meta de vender 10 milhões de aparelhos até dezembro - número que os executivos estão confiantes de atingir.

No Brasil, a Anatel já homologou o iPhone 3G para venda. Por enquanto, as operadoras Vivo e Claro já abriram cadastros de interessados no aparelho, e a Tim informou que também irá comercializar o telefone. Fontes consultadas pela Macworld Brasil disseram que o iPhone 3G pode começar a ser vendido a partir de setembro.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail