Home > Dicas

iPhone 4.0: saiba tudo sobre o novo recurso de “multitarefa”

A definição da Apple para multitasking é um tanto quanto flexível, mas há várias melhorias reais para os usuários do sistema

Macword/EUA

09/04/2010 às 10h09

Foto:

Ao lançar o iPhone 4.0 ontem (8/4), a Apple destacou sete recursos principais, entre os 100 anunciados. O mais esperado, a multitarefa, porém, não é exatamente o que se esperava.

O anúncio feito por Steve Jobs é uma implementação muito mais sutil. A Apple está oferecendo o que parece ser multitarefa (a habilidade de rodar vários aplicativos ao mesmo tempo) com uma combinação de troca de programas e processamento em segundo plano gerenciado pelo sistema operacional.

O que não foi incluído no iPhone 4.0 é o conceito tradicional de softwares em execução, o trabalho completo. “A multitarefa é fácil de implementar de uma forma que consome a bateria, reduz o desempenho do aplicativo e torna o celular lento. Nós descobrimos como fazer isso evitando esses problemas”, disse Steve Jobs.

Quando as pessoas reclamam que o iPhone não executa vários aplicativos ao mesmo tempo, não significa que eles estão desesperados por um monte de aplicativos rodando. Mas é uma grande limitação de produtividade da versão atual.

Algumas vezes o usuário precisa usar vários softwares para realizar uma tarefa. Por exemplo: alternar entre o Mail, Safari e Notes enquanto pesquisa em um lembrete. Mas esse processo de troca atualmente não é feito de maneira satisfatória no aparelho. Você tem que pressionar o botão Início (o redondo), achar o próximo aplicativo em sua tela de entrada, carregar o novo aplicativo, navegar até onde você quer ir e repetir o processo para trocar novamente.

 

iphone4evento
iPhone 4.0: aplicativos "congelados"

Quando a Apple diz que adicionou multitarefa no iPhone 4.0, uma das grandes coisas que ela adicionou é, na verdade, uma forma mais inteligente de alternar entre aplicativos. Quando você pressionar duas vez o botão Início, uma janela surgirá na tela, em estilo Dock, com uma lista de todos os aplicativos que você usou recentemente. Ao tocar em uma delas, ela será carregada, facilitando a troca, sem a necessidade de ir até a tela principal do aparelho.

Junto com esse recurso, a Apple está oferecendo um novo pacote de ferramentas para os desenvolvedores para habilitar os aplicativos a fazer mais que abrir e fechar. Agora os softwares poderão congelar. Assim elas vão apresentar na tela exatamente o que você fazia quando saiu dele. E isso, na verdade, não é multitarefa. Mas pode satisfazer as necessidades das pessoas que precisamente rapidamente alternar entre programas.

Tarefas em segundo plano
Mas alternar e restaurar é apenas um passo. Algumas vezes, você realmente precisa ter que um programa faça algo enquanto não está em primeiro plano. Para isso, a Apple está oferecendo várias outras ferramentas para os desenvolvedores, para que os programas façam isso.

Uma delas já é conhecida: o velho sistema de notificações em sistema de push, criado com a versão 3.0. O resto é novo. Um serviço de áudio em segundo plano permite que softwares como Pandora e MLB at Bat continuem tocando enquanto os usuários abrem um novo aplicativo. Outra função de background suporta VoIP (ligações telefônicas via Internet).  Atualmente o Skype só consegue fazer ou receber ligações quando está em primeiro plano. Mas isso mudará com o iPhone 4.0.

Programas que querem saber onde você está também serão incrementados. Softwares de GPS e aplicativos de redes sociais que usam sistemas de localização só conseguem saber isso quando estão abertos. Depois do update, os programas de GPS serão capazes de rastrear sua localização mesmo quando estão fechados. E poderão te dizer que é preciso virar à direita. Para garantir sua privacidade, os programas solicitarão a autorização do usuário.

E a Apple também aprimorou o sistema de push, com o sistema de Local Notifications. Ao contrário do que acontece agora, quando é necessário que um servidor externo envie um evento para o aparelho, esse tipo de notificação agora é originado pelo próprio telefone. Assim, um programa pode alertar o usuário do celular de que seu programa de TV preferido já vai começar, mesmo que o aplicativo responsável esteja fechado.

O recurso de complemento de tarefa, outra novidade, resolve um problema que todo usuário de iPhone já deve ter experimentado: não saber se é seguro pressionar o botão Início e abrir outro aplicativo no meio de um processo. Exemplo: um upload de fotos para um site. Com o novo recurso, o programa entende que precisa terminar seu serviço antes de ser suspenso.

Esses novos recursos vão resolver todas as limitações que os usuários e desenvolvedores de aplicativos de iPhone têm sobre execução em segundo plano? Provavelmente, não. Mas, com o iPhone 4.0 a Apple parece ter atingido as questões mais importantes.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail