Home > Notícias

iPhone 4S: 13 coisas que a Apple precisa melhorar no Siri

Ainda em fase de testes, recurso de assistente controlado por voz tem muito a evolouir para realmente facilitar a vida dos usuários

Macworld / EUA

07/12/2011 às 14h16

Foto:

Numa primeira impressão, o assistente virtual controlado por voz Siri, exclusivo do iPhone 4S (aparelho que será lançado no Brasil no dia 16/12, sem a versão em português desse recurso), é certamente impressionante. Você fala naturalmente, ele descobre o que você quis dizer e então faz o que você quer. Pelo menos na maioria das vezes.

No entanto, quanto mais se usa o Siri, mais óbvias se tornam as suas falhas. Confira abaixo algumas melhorias que gostaríamos de ver no Siri 2.0 – ou quando a Apple decidir tirar o rótulo de “beta” do serviço.

Tuiteiro
Quando você tenta postar uma atualização no Twitter pelo Siri, o recurso reconhece o que você quer fazer, mas mesmo assim rejeita o pedido. “Não posso enviar tuítes para você. Desculpe por isso.” Como o iOS 5 já inclui suporte nativo para o microblog, e o Siri entende sua solicitação, essa deve ser uma melhoria fácil de ser feita. Também seria bom "emprestar" a habilidade do Tweet Speaker para ler os tuítes da sua timeline em voz alta.

Integração de notificações
Temos muita esperança de que um dia o Siri terá suporte para algum tipo de integração com aplicativos que não sejam da Apple. E a Apple podia habilitar algum nível de suporte desse tipo sem exigir que os desenvolvedores de terceiros precisem escrever uma única linha de código: bastaria que o Siri pudesse ler as notificações que chegam.

Leitor de e-mails
Claro, o Siri pode escrever e-mails para você e até mesmo exibir suas mensagens não lidas. Mas peça para ele ler algum e-mail e ficará desapontado. Se pensarmos que o Siri já consegue ler mensagens de texto SMS, não parece um grande salto ler e-mails – talvez dentro de um padrão de tamanho.

Ler tudo
Falando nisso, também seria interessante se o Siri pudesse ler em voz alta detalhes de outro apps nativos da Apple, como o Notas e o Calendário.

siritwitter01.jpg

Recurso Siri ainda não permite postar tuítes apenas com comandos de voz

Lembretes melhores
Lembrar a si mesmo de fazer algumas coisas pelo Siri é algo rápido e fácil – mas podia ser ainda mais fácil. Por exemplo, você não pode usar o recurso para mudar seus lembretes após criá-los, nem marcá-los como completos. E, por exemplo, se quiser adicionar bananas, leite e suco de laranja à sua lista de compras, precisará fazer isso separadamente, confirmando um item por vez.

Abrir apps
É fácil abrir apps no seu iPhone. Mas assim que você começa a acumular muitos programas na tela, pode ficar um pouco mais difícil achar o que procura. Por isso, seria interessante apenas dizer “Abra o iPhoto” e pronto. Atualmente, ao falar isso, o Siri diz “Eu gostaria de fazer isso, mas não tenho permissão”.

Correção de transcrição mais fácil
Se o Siri entender errado seu lembrete após você ditá-lo, é possível apenas dizer: “Mude isso para ‘comprar leite’” e pronto, ele faz a correção. Mas se você ditar um e-mail um pouco mais extenso e ver que o Siri entendeu a maioria, mas se perdeu em algumas frases e palavras, pode ser cansativo ditar toda a mensagem novamente. Seria bom poder pedir apenas para ele corrigir determinados trechos do texto.

Adicionar e editar contatos
Peça ao Siri para adicionar um número a um contato, ou para criar um novo registro na sua lista de contatos do iPhone, e ele dirá: “Desculpe, mas não tenho permissão para criar contatos.” Na maioria das vezes, ele também não pode editá-los – apesar de você poder refinar alguns dados dos seus contatos ao dizer coisas como “Gregory House é meu fisioterapeuta”. Essas tarefas podem ser cansativas, pois exigem muita digitação, enquanto que simplesmente ditá-las levaria apenas um ou dois segundos.

Endereço padrão de e-mail
Deveria haver uma opção do tipo “sempre use o endereço de e-mail de trabalho do Jason a não ser que eu diga o contrário” para evitar perda de tempo com o Siri perguntando qual dos endereços da pessoa deve usar – isso pode ser muito irritante ao se convidar muitas pessoas para um evento e precisar confirmar o endereço de todas.

Navegação no Safari
O Siri ainda não consegue abrir uma URL específica (tipo “Vá até www.macworldbrasil.com.br”) ou abrir URLs dos seus favoritos. Em vez disso, precisamos dizer para o Siri buscar Macworld Brasil na web e então interagir com o navegador. Para um assistente inteligente, isso parece algo bobo.

Integração com aplicativos de terceiros
Admitimos que esse é um pedido mais difícil. Mas é só pensar na conveniência de apenas perguntar de quanto seu time está ganhando ou perdendo do maior rival para ter uma ideia de como essa integração completa seria incrível. Para saber sua localização, por exemplo, ele poderia se integrar ao Facebook ou Foursquare.

Conhecedor das mídias
Apesar de sua óbvia vantagem sobre o recurso Controle de Voz, do iOS, quanto a reprodução de músicas, ainda há espaço para melhorias. Por exemplo, peça para ele tocar uma música e ele fará isso muito bem, mas após isso, a música morre no aparelho. Em vez disso, nos deixe dizer ao Siri para tocar uma música e então tocar no modo shuffle a partir daí.

Mudar configurações do aparelho
Peça para o Siri desligar o
Wi-Fi ou habilitar o Bluetooth, e ele simplesmente não vai entender.
Entendemos que pedir para ele habilitar o Modo Avião (totalmente sem
Internet) já seria demais. Mas o controle de alguns ajustes ainda é
necessário.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail