Home > Notícias

iPhone começa a esgotar nos EUA

As lojas da Apple e da AT&T estão sem estoque do aparelho e isso pode gerar um tempo de espera de até um mês pelo produto.

Computerworld/EUA

18/07/2008 às 11h18

Foto:

Consumidores que estão a procura de um iPhone 3G podem ter que esperar até um mês pela reposição de estoque da Apple, disse um analista de Wall Street na quinta-feira (18/07). Enquanto isso, os estoques atuais estão restritos no varejo da companhia, com menos de um quarto delas com o aparelho disponível para venda na quinta.

"Eu aposto que veremos esses problemas por mais duas ou quatro semanas", disse Gene Munster, analista da Piper Jaffray & Co, tempo que estima para que o estoque seja reabastecido. "A procura inicial tem sido além do que eles esperavam [porque], as vendas foram superadas no primeiro final de semana".

Os estoques de iPhone 3G continuam baixos, de acordo com a própria ferramenta de checagem da Apple, que está disponível aos consumidores toda noite.

Na madrugada de quinta, 188 lojas da Apple, ou 27%, tinham iPhones 3G disponíveis para venda. Na quarta-feira (17/07), a Computerworld avaliou que 48 lojas, ou 26% do total nos Estados Unidos, diziam ter o aparelho estocado.

Contudo, 13 lojas afirmaram ter os três modelos de iPhone 3G no estoque: o 8GB na versão preta e o de 16GB em preto e branco. Na quarta-feira, somente nove lojas tinham os três modelos disponíveis.

O iPhone 3G 16 GB preto no valor de 299 dólares é o mais procurado pelos consumidores. O modelo estava disponível na quinta-feira somente em 18 lojas, ou 9,6% delas. O estoque do iPhone 3G 8GB de 199 dólares "desapareceu". De acordo com a ferramenta de checagem da Apple: 24 lojas tinham o aparelho disponível na quinta-feira (12,8% de 188 nos Estados Unidos) comparado às 42 lojas
que alegaram ter estoque na quarta-feira (22,3%)

O iPhone 3G 16 GB branco de 299 dólares estava disponível em mais lojas - 46 ou 24,5% do total - do que qualquer um dos modelos na cor preta.

Munster repercutiu comentários feitos pelo analista Ezra Gottheil da Technology Business Reserach, ao dizer que a Apple subestimou sua demanda inicial. E esse não é o mesmo desempenho do ano passado. "Houve interrupção no ano passado, mas não nesse nível", disse Munster, comparando a situação atual com o lançamento da primeira geração do iPhone.

Vale lembrar que o  iPhone 3G começou a ser vendido em 22 países, ao contrário de 2007, quando foi oferecido apenas nos Estados Unidos.

As cerca de 1.200 lojas da operadora AT&T nos Estados Unidos também estão ficando sem iPhone. "Vamos tentar repor o estoque o mais rápido possível", disse Wes Warnock, porta-voz da AT&T.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail