Home > Notícias

iPhone é o preferido entre compradores de smartphone nos EUA, diz pesquisa

Já o sistema Android, da Google, será a escolha de três em cada dez americanos, segundo levantamento feito pela ChangeWave Research.

Network World/EUA

15/07/2010 às 16h08

Foto:

O número de pessoas que planejam comprar um smartphone nos próximos meses é maior do que nunca. E, segundo o estudo da ChangeWave Research, empresa norte-americana de pesquisa de mercado, quem mais se beneficiará dessa tendência é o smartphone da Apple, o iPhone.

O levantamento, conduzido durante o segundo trimestre deste ano, aponta que 16% dos consumidores pretendem adquirir um novo smartphone nos próximos 90 dias. O índice é duas vezes maior em relação ao mesmo período de 2009.

A pesquisa foi feita entre os dias 14 e 24 de junho e entrevistou 4.028 pessoas, em sua maioria residentes dos Estados Unidos.

Desses 16% que deverão comprar um novo smartphone, mais da metade (52%) prefere o iPhone - uma boa notícia, também, para a AT&T, já que a operadora tem exclusividade nas vendas do aparelho nos EUA. No primeiro trimestre, esse número era de 31%. A diferença na porcentagem é, provavelmente, reflexo do lançamento do iPhone 4 em junho passado.

iphone_3g_350

Segundo pesquisa, mais da metade dos compradores de smartphone dos EUA planejam comprar um iPhone.

A perspectiva para a HTC, por mais que não seja tão impressionante quanto os números da Apple, não deixa de ser promissora. A empresa, que tem investido na plataforma Android, da Google, deverá atrair 19% dos futuros compradores, 7% a mais do que no trimestre anterior.

Por falar em Android, 30% dos consumidores pretendem comprar um aparelho com este sistema operacional nos próximos três meses. Esse valor não se alterou em relação ao último levantamento.

++++

Virar o jogo
Quanto à Motorola e a RIM, ambas tiveram um resultado menos satisfatório. A primeira deverá ser a escolha de 9%, ante 16% no primeiro trimestre, enquanto que 6% deverão investir na compra de um BlackBerry - na pesquisa anterior, esse número era de 14%.

As duas, no entanto, deverão lançar novos aparelhos nos próximos meses. A Motorola, segundo o estudo, chegou a superar a HTC na preferência do usuário durante o mês de dezembro, provavelmente devido ao sucesso de seu Droid. A próxima versão, chamada de Droid X, deve estrear ainda este mês, pela operadora Verizon, o que pode aumentar consideravelmente suas vendas.

No caso da RIM, é esperado um smartphone que se diferencie um pouco dos demais de sua linha. O Torch 9800 viria com o novo sistema operacional da BlackBerry e uma tela sensível ao toque, além do já tradicional teclado físico. Segundo especulações, o lançamento é esperado para o começo de agosto.

Nas últimas posições, com números pouco significativos, estão o Windows Mobile, da Microsoft, e os smartphones com webOS, sistema operacional desenvolvido pela Palm. No primeiro caso, em que a preferência caiu de 3% para 2%, observa-se como a demora da Microsoft em atualizar seu software fez com que ela perdesse preponderância nesse mercado, enquanto que, no segundo, de 3% para 0%, o insucesso da marca era tão grande que a Palm não teve outra escolha a não ser aceitar a proposta de compra da HP.

++++

A gigante dos softwares pretende virar o jogo com o Windows Mobile 7, novo sistema operacional para dispositivos móveis da companhia, que deverá equipar smartphones a partir de outubro deste ano. A Palm, por sua vez, já não tem nenhum celular no mercado americano, pois a HP deverá iniciar uma nova estratégia para o webOS.

Grau de satisfação
Usuários com iPhone são os que mais estão contentes com seu aparelho: 73% julgam-se “muito satisfeitos” com o smartphone. Bem atrás vêm HTC (39%), Motorola (34%) e Palm (34%).

Quem está em queda livre em termos de contentamento é a RIM. Há dois anos, 50% dos clientes da empresa estavam no grau mais elevado de satisfação. No entanto, nos últimos sete trimestres esse índice caiu, chegando ao seu nível mais baixo agora em junho: 30%.

Para Paul Carton, vice-presidente de pesquisa da ChangeWave, a qualidade do produto não piorou, mas a exigência dos consumidores aumentou. “O que costumava influenciar na satisfação do cliente já não é o bastante. Um bom recurso para e-mail, por exemplo, tornou-se, hoje em dia, uma obrigação”.

Quanto às plataformas para smartphone, 72% se dizem “muito satisfeitos” com o iOS da Apple e 56% dos possuidores de iPhones 3G e 3GS disseram que “muito provavelmente” atualizarão seus dispositivos para a nova versão do sistema, o iOS4. Em relação ao Android, 56% estão muito satisfeitos.

A ChageWave também perguntou aos entrevistados que não têm um plano com a AT&T se, caso o iPhone fosse oferecido por suas operadores, o comprariam. 13% disseram ser “muito provável”, para 21% isso é apenas “provável”, 40% acham difícil e 25% não souberam responder.

Para Paul Carton, vice-presidente de pesquisa da ChangeWave, quantificar a satisfação dos clientes com seus smartphones é essencial. Não só por indicar os planos de compra dos consumidores, mas também por ser um fator que influencia as escolhas daqueles que não estão satisfeitos com seu próprio aparelho.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail