Home > Notícias

iPhone: novo app de vídeos Vine já registra conteúdo pornográfico

Plataforma de compartilhamento do Twitter permite a criação de clipes de até seis segundos. Serviço promete apagar conteúdos considerados impróprios.

Da Redação

28/01/2013 às 13h09

vine_43501.jpg
Foto:

Lançado no final da última semana, a plataforma de compartilhamento de vídeos curtos Vine, do Twitter, já virou palco de pornografia. As informações são do site TechCrunch.

Como apontado no Twitter pelo jornalista Nick Bilton, do The New York Times, ao realizar buscas com a tag “#porn” ou palavras parecidas, é possível encontrar conteúdos pornográficos diversos, incluindo imagens de usuários mais exibicionistas e até clipes “adultos” retirados de telas de notebooks.

Anteriormente, o aplicativo 500px foi retirado da loja online App Store, da Apple, por permitir buscas por imagens de pessoas nuas.

Em um comunicado oficial ao TechCrunch, um porta-voz do Vine afirmou que “os usuários podem informar vídeos como inapropriados no app caso acreditem que o conteúdo seja sensível ou inapropriado (por exemplo: nudez, violência, ou procedimentos médicos). Os vídeos que forem reportados como inapropriados possuem uma mensagem de aviso que um usuário deve clicar antes de ver o vídeo”. Depois continua: “Vídeos que foram reportados e determinados que violam nossas diretrizes serão retirados do site, e a conta do usuário que postou o clipe pode ser finalizada. Por favor, revise as regras do Vine para mais informações sobre essas violações.”

Por enquanto, o Vine, que permite aos usuários compartilharem vídeos de até seis segundos, está disponível apenas para iPhone e iPod Touch. O aplicativo gratuito está disponível para download gratuito na App Store brasileira.

Link para download: 

- Vine para iPhone e iPod Touch

aparelhosiOS_43501

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail