Home > Notícias

iPhone supera Milestone e Galaxy S em pesquisa de satisfação do cliente

Aparelho da Apple obteve o melhor resultado em estudo da ChangeWave: 84% dos usuários disseram estar muito contentes com ele; Motorola aparece em 2.o lugar

Macworld/EUA

22/11/2010 às 19h34

Foto:

Uma pesquisa do instituto ChangeWave divulgada neste mês mostra que o iPhone ainda é o smartphone que proporciona o maior grau de satisfação a seus usuários. O índice de consumidores que se dizem muito satisfeitos com o aparelho chega a 77%, superior aos 71% da cada vez mais próxima Motorola e aos 63% da HTC.

O estudo ouviu 1.212 pessoas que adquiriram um smartphone nos últimos seis meses. Dentre os modelos ofertados pela Apple, o iPhone 4 de 32GB foi o que conseguiu o melhor resultado: 84% de satisfação máxima – o que leva a crer que, mesmo com os problemas com a antena, a quarta geração em muito agradou os consumidores. 

Em maio, o índice em relação ao iPhone 3GS, com a mesma capacidade de armazenamento, ficou em 81%.

Em segundo lugar, a Motorola teve seu melhor desempenho com o Milestone 2. Ele superou seu antecessor, que, em maio, obtivera 69% de máxima satisfação, em cinco pontos percentuais.

O carro-chefe da HTC, o EVO 4G, foi até melhor do que o Milestone 2, com seu índice de 76%. No entanto, os outros aparelhos da marca - com exceção do Incredible, que conquistou sólidos 70% - a rebaixaram para a terceira colocação: eles conseguiram uma média de apenas 45% de usuários muito felizes com a compra.

A Samsung seguiu o mesmo caminho. O Galaxy S deslumbrou 55% de seus clientes, mas seus outros dispositivos ficaram em uma média de 28%. 

Já a RIM obteve certo sucesso com seu último lançamento, o Torch (64%) - que superou seu segundo melhor aparelho, o Bold, em 16 pontos - mas não foi o suficiente para tirá-la do modesto quarto lugar.

A ChangeWave, salienta, no entanto, que as duas últimas colocaram suas novas apostas no mercado - Galaxy S e Torch - há pouco tempo, e, portanto, a pesquisa pode não ter conseguido absorver a influência que eles devem exercer no mercado.

iPhone e Verizon
Uma das perguntas mais interessantes que a ChangeWave fez aos entrevistados –aos que não fossem clientes da AT&T – era se, caso o iPhone ficasse disponível para as suas operadoras, eles trocariam de celular ou continuariam com o mesmo.

A maioria, 46%, disse que se manteria fiel ao seu smartphone, mas um índice relevante - 34% - admitiu que compraria o aparelho da Apple na hora. Outros 20% não souberam responder.

Com o persistente rumor de que o iPhone começará a ser vendido pela operadora móvel Verizon, os dados revelados pelo instituto mostram que a Apple conseguiria aumentar consideravelmente suas vendas se encerrasse a exclusividade da AT&T, nos Estados Unidos.

Considerando que a maior parte dos consumidores que ainda não possuem um iPhone está em operadoras ainda não contempladas, expandir o número de parceiras seria uma jogada certeira.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail