Home > Notícias

iPhone 4: escritório de advocacia prepara ação contra a Apple por bugs

KCR, que já entrou com um processo contra o Facebook no ano passado por conta de problemas relacionados à segurança, agora mira o celular da Apple

Redação da Macworld Brasil

29/06/2010 às 11h20

Foto:

O escritório de advocacia KCR, que em novembro do ano passado entrou com um processo contra o Facebook, por conta de problemas relacionados à segurança de seus usuários, agora mira o celular da Apple.

Em seu site, ele convida os consumidores que compraram o iPhone 4 e estão enfrentando problemas com o aparelho, com quedas de chamadas e problemas de recepção, a entrarem em contato por e-mail ou por telefone, contando suas experiências. O escritório pretende investigar os casos, que podem render uma ação conjunta contra a empresa de Steve Jobs.

O iPhone 4 chegou às lojas no dia 24/6 e logo começaram as queixas. Primeiro foram reclamações sobre manchas amareladas na tela e sobre problemas relacionados à recepção. Depois surgiram queixas sobre um bug que desliga e liga o celular, sempre que eles tentam abrir o aplicativo de câmera.

Agora, o ponto é o sensor de proximidade.  O fórum da Apple traz dezenas de queixas sobre um problema relacionado a esse item, que identifica a distância do rosto do usuário da tela e desliga o display.

Segundo muitos consumidores do novo celular da Apple, o recurso de proximidade tem agido de forma estranha, desligando chamadas, colocando em espera, acionado os alto-falantes ou iniciado chamados de vídeo (recurso FaceTime) que não foram solicitadas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail