Isenção para eletrônico começa a valer; iPad não tem benefício

Medida, que permite trazer celulares e câmeras do exterior sem a necessidade de pagamento de tributos inclui iPod, mas exclui o tablet

https://pcworld.com.br/isencao-para-eletronico-comeca-a-valer-ipad-nao-tem-beneficio/
Clique para copiar

A Instrução Normativa 1.059, que promulga novas regras para quem traz bagagem do exterior, começa  a ser adotada nesta sexta-feira (01/10). Entre as alterações, está a possibilidade de trazer itens eletrônicos do exterior sem a necessidade de pagamento de tributos.

A partir desta instrução, será possível trazer celulares (como o iPhone 4), câmeras fotográficas e players como o iPod livre de impostos, desde que o usuário consiga provar que adquiriu este produto para uso pessoal.  Além disso, a isenção dos tributos valerá apenas para uma unidade de cada produto. Gadgets como notebooks e filmadoras, entre outros, não serão beneficiados. O iPad também não está no pacote. Mas outros dispositivos eletrônicos voltados para carros, como GPS, MP3 e tocadores de CD e DVD também estão liberados.

A instrução também determina que o viajante que sai do Brasil levando algum produto importado em sua bagagem (notebooks, players, filmadoras, etc) não precisa mais apresentar uma declaração relatando o que está sendo transportado. Ao invés disso, ele precisará mostrar a nota fiscal dos equipamentos. Com isso,  tais equipamentos não serão contabilizados na cota limite de produtos para isenção de imposto.

A Receita Federal montou em seu site uma seção de Perguntas e Respostas, para esclarecer as dúvidas em relação às novas normas. Para acessá-la, basta clicar aqui.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site