Japonês roubou dados de 1.300 cartões usando apenas a memória

Caso inusitado dispensou o uso de tecnologias avançadas

Foto: roubo
https://pcworld.com.br/japones-roubou-dados-de-1-300-cartoes-usando-apenas-a-memoria/
Clique para copiar

A era digital está recheada de problemas em relação à privacidade e segurança dos usuários, principalmente porque muitas vezes é fácil explorar uma falha em serviços, dispositivos, ou qualquer outro meio digital. Porém, dessa vez aconteceu um caso diferente no Japão.

Yusuke Taniguchi, funcionário de um shopping em Koto City, foi acusado de roubar dados de 1.300 cartões de crédito. Como caixa do shopping, Taniguchi movimentava dinheiro e cartões todos os dias, dessa forma ele passou a usar sua memória fotográfica para registrar os dados.

Nomes, números de cartões, data de validade e códigos de segurança foram registrados pela mente do trabalhador. Os cartões foram usados posteriormente para comprar produtos que acabaram sendo revendidos para que ele conseguisse pagar os gastos da sua moradia.

As informações, reveladas pelo site SoraNews 24, afirmam que o caixa foi preso algum tempo depois de realizar as compras com os cartões. A polícia o encontrou depois de Tanaguchi enviar diversas mercadorias para o seu endereço real, usando maliciosamente cartões de diferentes pessoas. A sua última compra foi de uma shouder bag, que custou US$ 2,5 mil e seria revendida.

Após a prisão, a polícia encontrou uma caderneta recheada de informações dos cartões roubados, com nomes e números.

Fonte: SoraNews24

 

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site