Home > Notícias

Jobs desdenha de codec de vídeo do Google

Suposto e-mail do principal executivo da Apple aponta para a "superioridade" da tecnologia de sua empresa sobre a da rival

PC World/US

21/05/2010 às 15h32

Foto:

Parece que Steve Jobs voltou a responder os e-mails de usuários que chegam à sua caixa de entrada. Desta vez, teria defendido  o codec de vídeo da Apple, o H.264, ao ser questionado por um leitor do jornal The Register, da Inglaterra, sobre sua opinião a respeito do lançamento do formato próprio da Google, o open source VP8.

Esse codec da Google faz parte de um projeto maior chamado de WebM. Anunciado na conferência para desenvolvedores da empresa, na quarta-feira (19/05), a iniciativa conta com o apoio dos fabricantes dos navegadores Firefox e Opera – a Microsoft disse que seu Internet Explorer 9 não terá suporte nativo ao formato, mas permitirá a instalação de plugins para sua adaptação.

Como de costume, a réplica de Steve Jobs é sucinta. Ele simplesmente inseriu um link para um texto do blog do desenvolvedor Jason Garrett-Glaser, intitulado “A primeira análise técnica profunda do VP8”.

Primeiro, o post afirma que, “a princípio, o VP8 parece significativamente inferior ao modelo de compressão H.264”. Depois, pergunta se a Google não estaria ferindo algumas patentes da Apple e prevê problemas judiciais:

“São muito parecidos: uma descrição imprecisa do VP8 seria algo como “a base do H.264 com uma melhor codificação”. Mesmo não sendo um advogado, não posso acreditar que a Google vai escapar dessa, especialmente em dias tão litigiosos como os de hoje”.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail