Home > Notícias

“Jobs me pediu para escrever o livro em uma caminhada”, diz autor de biografia

Em texto inédito, Walter Isaacson fala ainda sobre as últimas semanas do cofundador da Apple; título teve lançamento adiantado para 24/10.

Redação Macworld Brasil

06/10/2011 às 17h36

Foto:

Após confirmar a chegada da biografia oficial de Steve Jobs no próximo dia 24, a editora Companhia das Letras publicou um texto inédito em que o autor da obra, Walter Isaacson, fala sobre como foi escrever o livro e as últimas semanas do cofundador da Apple, que teve sua morte anunciada na noite de ontem, 5/10, um dia após a companhia apresentar o novo iPhone 4S.

Em um longo texto, que será publicado amanhã na revista americana Time, Isaacson conta que o próprio Jobs lhe pediu para escrever sua biografia durante uma caminhada em 2004, proposta que o escritor recusou inicialmente. “Mas depois me dei conta de que ele havia me chamado logo antes de ser operado de câncer pela primeira vez. Enquanto eu o observava lutar contra a doença, com uma intensidade incrível, combinada com um espantoso romantismo emocional, passei a achá-lo profundamente atraente, e percebi quão profundamente sua personalidade estava entranhada nos produtos que ele criava. Suas paixões, o perfeccionismo, os demônios, os desejos, o talento artístico, o talento diabólico e a obsessão pelo controle estavam integralmente ligados a sua abordagem do negócio, e decidi então tentar escrever sua história como estudo de caso de criatividade”, conta Isaacson.

Ao final do texto, o jornalista, que já passou por veículos importantes como CNN e a própria revista Time, fala um pouco sobre como Jobs estava vivendo em suas últimas semanas de vida em sua casa na Califórnia. “Há algumas semanas, visitei Jobs pela última vez em sua casa de Palo Alto. Ele se mudara para um quarto no andar de baixo, porque estava fraco demais para subir e descer escadas, e estava encolhido com um pouco de dor, mas sua mente ainda estava afiada e seu humor vibrante. Conversamos sobre sua infância, e ele me deu algumas fotos de seu pai e da família para usar em minha biografia.” 

Além disso, o escritor diz que Jobs, que sempre foi muito discreto, justificou o fato de ter se aberto durante mais de 50 entrevistas durante dois anos dizendo que “Eu queria que meus filhos me conhecessem. Eu nem sempre estava presente, e queria que eles soubessem o porquê disso e entendessem o que fiz.”

Você pode conferir o texto na íntegra no blog da Companhia das Letras. O livro chega ao Brasil em 24/10 com preço sugerido de R$49,90.

biografiajobscapa.jpg

Livro teve lançamento mundial alterado de 21/11 para 24/10 após morte de Jobs

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail