Home > Notícias

Jobs tentou acordo com a Palm para não perder funcionários

Segundo e-mail obtido pela agência Bloomberg, o CEO da Apple fez essa proposta ao principal executivo da rival em 2007

Macworld/EUA

20/08/2009 às 15h45

Foto:

Primeiro foi a revelação na semana passada de que a Apple teria um acordo informal com o Google para evitar a contratação de funcionários entre as duas companhias.

Agora, a agência de notícias Bloomberg afirma que o então CEO (principal executivo) da Palm, Ed Colligan rejeitou uma proposta semelhante feita por Steve Jobs, CEO da Apple, em 2007 (fato revelado só agora). De acordo com a Bloomberg, Colligan respondeu com um e-mail ao executivo da Apple, no qual diz que “sua proposta de um acordo para que as companhias não contratem funcionários entre elas é incorreto e ilegal”.

A correspondência obtida pelos repórteres não traz os detalhes da proposta que teria sido feita por Jobs, que além de limitar a competição, provavelmente viola as leis antitruste. Vale lembrar que o atual CEO da Palm, Jon Rubinstein, é um ex-funcionário da Apple (e um dos criadores do iPod), que substituiu Colligan na função.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail