Home > Notícias

Jovem que invadiu e-mail de Sarah Palin pode pegar 20 anos de prisão

Maior crime de David Kernell, de 22 anos, foi apagar registros para prejudicar investigação criminal; pena pela invasão não passa de um ano.

Computerworld/EUA

30/04/2010 às 17h51

Foto:

Após quatro dias de deliberação, um júri federal considerou o jovem norte-americano David C. Kernell, de 22 anos, culpado de duas acusações resultantes da invasão da caixa postal eletrônica da ex-governadora do Alasca e candidata a vice-presidente pelo Partido Republicano em 2008, Sarah Palin.

O ex-estudante da Universidade do Tennessee foi considerado culpado por destruir registros com intenção criminosa, para prejudicar uma investigação criminal; e por acessar ilegamente um computador protegido, o que foi considerado uma ofensa menor.

Kernell invadiu a conta de Palin no Yahoo Mail durante a campanha presidencial de 2008, usando o mecanismo de recriação de senha do serviço.

Ele agora pode ser condenado a até 20 anos de prisão pela acusação de atrapalhar a investigação criminal, e a um máximo de um ano por invadir a conta de e-mail. Kernell também pode ser condenado a pagar uma multa de até 250 mil dólares.

O ex-estudante ainda poderá responder pelo crime federal de roubo de identidade. No julgamento encerrado nesta sexta-feira (30/4), o juiz Thomas Phillips desqualificou a acusação, mas procuradores federais decidirão na semana que vem se a acusação será reapresentada.

Kernell é filho de Mike Kernell, conhecido deputado estadual do Partido Democrata do Tennessee.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail