Home > Notícias

Juiz obriga Apple a “admitir” que Samsung não copiou iPad

Tribunal do Reino Unido decidiu que empresa de Cupertino terá de publicar anúncios publicitários em jornais reconhecendo que Galaxy Tab não é cópia do seu tablet

Macworld / Reino Unido

19/07/2012 às 11h47

Foto:

Nesta quarta-feira, 18/7, o juiz Colin Birss determinou que a Apple compre anúncios publicitários em grandes jornais britânicos como uma forma de reconhecer a sua decisão de que a Samsung não violou as patentes de design do iPad com o seu tablet Galaxy Tab.

De maneira bizarra, a decisão do juiz publicada em 9/7 tinha como argumento que os tablets da Samsung eram “muito, muito parecidos” com o iPad, mas “não tão legais” quanto o aparelho da Apple.

novoipad_435.png

Apple domina mercado de tablets com o seu iPad

O reconhecimento da decisão judicial deve ser postado no site da Apple no Reino Unidos por seis meses, além de aparecer em grandes jornais locais como Daily Mail, Financial Times, e o The Guardian, entre outros veículos de circulação nacional.

Agora resta saber como a Apple vai reagir a essa obrigação – presumindo que a companhia não consiga reverter a situação por meio de um apelo no tribunal. A empresa geralmente evita mencionar os nomes de empresas rivais em suas propagandas, mas pode mudar de ideia e focar no aspecto “não tão legal” da decisão judicial.

galaxytab390

Para juiz britânico, Samsung Galaxy Tab (foto) "não é tão legal" quanto o rival iPad

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail