Home > Notícias

Júri pede mais tempo para decisão sobre caso Apple vs Samsung

Jurados resolveram fazer uma hora extra de deliberações sobre a disputa por patentes na quinta. Caso envolve 12 patentes, 30 aparelhos e 700 decisões individuais.

Macworld / Reino Unido

24/08/2012 às 11h03

Foto:

À medida que começa o segundo dia de deliberações na disputa por patentes entre Apple e Samsung, o júri encarregado de avaliar o caso decidiu fazer uma hora extra de discussão.

O júri formado por nove pessoas foi agendado para trabalhar das 9h da manhã às 16h30 (horário local da Califórnia), almoçando no próprio tribunal de San Jose, e seguiu esse cronograma no primeiro dia. Mas ao realizar os trabalhos nesta quinta, eles indicaram ao tribunal que ficariam uma hora a mais. A corte liberou essa informação para a imprensa.

É impossível saber o que está acontecendo dentro da sala do júri e a razão para essa decisão – há uma limitação muito grande sobre com quem os jurados podem falar sobre o caso – mas existem algumas possibilidades, de acordo com o diretor do escritório DOAR Litigation Consulting e especialista na área, Roy Futterman.

“A primeira opção é que o júri decidiu que o caso é muito complicado e eles pediram por mais tempo para se aprofundar mais e entrar nos detalhes”, afirmou Futterman.

Para ele, essa é a razão mais provável. “Eles sabem que tem muito trabalho e disseram ‘vamos fazer isso.’ Eles provavelmente estão aliviados de poder falar uns com os outros e poder trabalhar no caso após três semanas apenas ouvindo. É um sinal que eles estão afim (de trabalhar).”

samsungapple_435.jpg

A outra possibilidade, segundo ele, é que os jurados querem resolver logo o assunto. “Não é provável, mas talvez eles queiram passar mais tempo nisso para poder terminar no final de semana”, disse.

De acordo com Futterman, júris pedirem mais tempo para deliberar é algo que acontece, mas um pouco incomum.

“Muitas vezes, as pessoas pensam que os jurados estão loucos para sair de lá. Penso que isso mostra que eles estão levando o trabalho muito a sério.”

O caso em questão gira em torno de sete patentes da Apple – quatro cobrindo elementos de design e três sobre a maneira como os aparelhos iOS funcionam – e cinco patentes da Samsung relacionadas a tecnologia celular. A Apple acusa a rival sul-coreana e duas subsidiárias dela de violarem as patentes em quase 30 aparelhos portáteis, e o júri precisa tomar decisões sobre cada telefone e companhia.

Como resultado, eles possuem um veredito complexo que exige que mais de 700 decisões individuais sejam tomadas. Antes de sentarem para começar as deliberações, eles receberam 109 páginas de instruções do júri, que levaram mais de duas horas para serem lidas no tribunal nesta semana.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail